Museus

Geek dos Museus: À descoberta da História Natural

São os museus que mais gosto de visitar. São espaços repletos de mistérios, história, curiosidades e ciência. Temas que normalmente não estão ao nosso alcance e que aqui estão expostos e são mostrados de forma simples. Vamos à descoberta de quatro icónicos Museus de História Natural?

De todos os museus de história natural que visitei, os meus favoritos foram o de Londres e o de Nova Iorque (claro!), mas o de Washington e o de Viena também são grandiosos e repletos de interesse.

Natural History Museum, Londres

Nem sei por onde começar. Este museu tem mais de 70 milhões de espécies, exposições interativas, um simulador de sismos, um feto em tamanho gigante, uma das mais inacreditáveis exposições de insetos, uma zona totalmente dedicada aos dinossauros (com um T-Rex assustador em tamanho real e animado), uma casa verdadeira onde temos o mais inacreditável reality check sobre os milhões de espécies com quem a partilhamos, uma vasta coleção de pedras preciosas e uma das mais fantásticas galerias de mamíferos onde se destaca a baleia-azul de tamanho real que domina toda a sala. E muito mais. Atrações que fazem deste, certamente, um dos mais populares museus de História Natural do Mundo.

À  descoberta de quatro icónicos Museus de História Natural
Londres
À  descoberta dos Museus de História Natural
Museu de História Natural Londres
À  descoberta dos Museus de História Natural
Londres 
À  descoberta dos Museus de História Natural
Museus de História Natural
Londres
À  descoberta dos Museus de História Natural

American Museum of Natural History, Nova Iorque

Fundado em 1869 é um dos mais famosos museus de História Natural do Mundo (protagonizando, inclusive, alguns filmes). O museu contém 46 salas de exibição permanente e galerias para exposições temporárias, incluindo o Rose Center for Earth and Space, com o Planetário Hayden e um teatro IMAX. A sua coleção permanente inclui mais de 32 milhões de espécimes e artefactos culturais e é reconhecido pela sua vasta coleção de fósseis, incluindo de espécies de dinossauros. À entrada um barossauro de cerca de 15 m dá-nos as boas-vindas. Motivos de visita não faltam.

À  descoberta dos Museus de História Natural
À  descoberta dos Museus de História Natural
À  descoberta dos Museus de História Natural

National Museum of Natural History, Washington

Gerido pela Smithsonian, é um dos maiores do mundo com mais de 125 milhões de espécies de plantas, animais, fósseis, minerais, rochas, meteoritos e objetos culturais humanos. De destacar a sala dos insetos que alberga alguns dos mais nojentos espécimes que habitam na terra, a sala dos dinossauros com os seus esqueletos gigantes, a sala dos mamíferos que inclui mais de 274 animais embalsamados. E tudo isto pode ser visitado totalmente for free (que é como quem diz grátis).

À  descoberta dos Museus de História Natural
À  descoberta dos Museus de História Natural
À  descoberta dos Museus de História Natural
Museus de História Natural
À descoberta da História Natural
0067b-p4220153

Naturhistorisches Museum, Viena

Uma das principais curiosidades deste museu é ter sido construído em espelho com Museu de Arte, localizado em frente. Data de 1889 e nasceu da impressionante coleção de espécimes naturais do imperador Franz Stephan’s. Conta com cerca de 30 milhões de espécies em exposição, onde se destacam as pedras preciosas, rochas e minérios, os dinossauros, a famosa Vénus de Willendorf (peça com mais de 250 mil anos), o bouquet de joias oferecido pelo imperador à sua mulher e a maior, e mais antiga, coleção de meteoritos do mundo. Apesar de menos famoso que os seus antecessores o Museu de História Natural de Viena é um dos mais importantes a nível mundial.

naturhistorisches museum
À descoberta da História Natural
À  descoberta dos Museus de História Natural

1 comentário

Leave a Reply

%d bloggers like this: