8 Factos que desconhece sobre a Rússia

1. Em São Petersburgo, junto à ponte de acesso à Fortaleza Pedro e Paulo encontra-se, na água, a estátua de um coelho. Do cimo da ponte é frequente encontrar pessoas a atirar moedas à estátua. Dizem os locais que dá sorte. Já a estátua simboliza o grande número de lebres que costumavam viver na ilha e a sua batalha contra as inundações que assolaram a cidade durante os séculos XVIII e XIX.

2. Tocar no focinho do cão da estátua de bronze localizada na estação de metro de Ploshchad Revolutsii. Representa um operário com o seu animal de estimação e diz que dá sorte. Por este motivo o seu focinho tem um tom mais brilhante que a restante estátua.

Estação Metro Rússia

3. O Hotel Astoria em S. Petersburgo foi o local escolhido por Hitler para celebrar, com um banquete, a conquista da cidade. Felizmente acabou por não se concretizar.

4. O nome “Praça Vermelha” não tem nenhuma relação com o comunismo. Deriva da palavra “krasnyi”, que significou em tempos “bonita”.

5. Existe, supostamente, um segundo sistema de metro em Moscovo – Metro 2 – que liga uma série de abrigos subterrâneos militares.

6. Em Moscovo existem um conjunto de árvores de cadeados onde os apaixonados podem deixar uma prova do seu amor.

7. Reza a lenda que Ivan o Terrível cegou o arquiteto que construiu a Catedral de S. Basílio, em S. Petersburgo, para que este não pudesse voltar a construir nada tão belo.

8. A fria cidade de S. Petersburgo tem a sua própria praia, junto à Catedral de Paulo e Pedro. Alguns habitantes locais, conhecidos como “morsas”, acreditam nas suas propriedades terapêuticas e tomam ali banho…de inverno…nas águas geladas!

Para descobrir estes e outros segredos da Rússia recomendo uma visita às cidades de Moscovo e São Petersburgo. São dois destinos únicos e que nos marcam de forma única e inesquecível. Apesar da distância é possível encontrar voos baratos com destino a Moscovo e/ou S. Petersburgo.

Leave a Reply Cancel reply

Powered by WordPress.com.

Up ↑

Exit mobile version
%%footer%%