Riviera Maia: atividades que não envolvem praia nem espreguiçadeira

Normalmente quem escolhe passar umas férias na Riviera Maia, no México,(Cancun ou Praya del Carmen) fá-lo para descansar e desfrutar de uma total calma e tranquilidade nas suas belas praias de águas tépidas e de um azul deslumbrante. Porém, a Riviera Maia, porém é muito mais do que isso. Tem muito mais para ver e fazer, neste lugar incrível localizado na Península de Yucatan. Confira abaixo algumas das maravilhas mais surpreendentes que poderá encontrar por estes lados.

1. Visitar as ruínas maias de Chichén Itza

Chichén Itza é um dos sítios arqueológicos mais famosos do Mundo sendo considerada uma das Sete Maravilhas do Mundo e Património da Humanidade pela UNESCO. Foi o centro político e económico de toda a civilização maia e aqui se encontram algumas das mais bem preservadas ruínas do México e uma das mais famosas pirâmides, a Pirâmide de Kukulcán.

2. Explorar Playa del Carmen

Playa del Carmen é uma mini cidade com muita cor e vida. Por aqui é possível provar a típica comida local e aproveitar para comprar alguns souvenirs e artesanato. O coração da cidade passa pela  5.ª Avenida, o local ideal para um passeio ao final da tarde nesta extensa avenida e sentir o pulsar desta povoação, os seus cheiros e as suas cores.

3. Nadar num cenote

Cenotes são lagos naturais, que ocorrem devido à erosão de calcário, criando enormes buracos no solo que se enchem de águas doces que sobem do subsolo. IK-kil tem um dos mais famosos, localizado 30 metros de altura da superfície e 50 m de profundidade. É um espaço exuberante de verde e de natureza.  A sua altura e profundidade fazem deste cenote o local ideal para o Red Bull Cliff Diving World Series que todos os anos aqui tem lugar.

4. Visitar as ruínas de Tulum

Tulum é um local arqueológico de uma antiga cidade muralhada maia, construída junto ao mar, entre o Golfo do México e o Mar do Caribe. Tem uma das mais inigualáveis vistas sobre o azul Mar do Caribe. Tulum era um importante porto de pesca e um porto comercial, para as trocas efetuadas com as cidades da região.

5. Subir à pirâmide das ruínas de Coba

Esta é uma experiência floresta adentro até a uma civilização há muito perdida e subir à pirâmide de No’hoch, a mais alta do Yucatán (42 metros de altura e mais de 45º de inclinação). Do topo é possível contemplar  a exuberante panorâmica da selva e dos vestígios arqueológicos deste lugar.

6. Visitar os parques temáticos naturais da Riviera Maia

Xel-Há

Parque aquático onde é possível fazer snorkel junto de peixinhos coloridos, nadar com golfinhos, descobrir toda uma vasta diversidade ecológica num cenário de beleza única, entre muitas outras atividades mais ou menos radicais.

Xcaret e Xplor

Xcaret é um parque eco arqueológico foi durante mais de 10 séculos um dos centros cerimoniais mais importantes da cultura maia. Hoje é um importante canal de divulgação da cultura maia, proporcionando momentos de muita diversão para todas as idades.

Xplor é uma viagem a um mundo subterrâneo único no coração da Riviera Maia. Aqui é possível ‘voar’ por cima de rios em mais de três km de tirolesas, nadar num rio subterrâneo com estalactites, descer o rio em jangadas insufláveis e andar de carros anfíbios.

7. Visitar Tankah Pueblo

Neste local vive ainda uma verdadeira comunidade maia que mantém ainda as suas casas de madeira e lama tradicionais, falam a sua língua nativa e mantém as suas tradições praticamente intactas desde séculos e séculos. Aqui é possível experienciar a verdadeira cultura maia através da comida, da visita ao local e de toda a zona natural envolvente (fauna, flora e os cenotes).

Riviera Maia

Leave a Reply Cancel reply

Powered by WordPress.com.

Up ↑

Exit mobile version
%%footer%%