10 Igrejas inesquecíveis

Dez igrejas inesquecíveis pela Europa. Umas mais grandiosas, outras mais emblemáticas, mas todas dignas de uma visita. Quantas conhece?

Igrejas inesquecíveis

1. Duomo de Milão

Na Piazza del Duomo encontra-se aquele que é um dos maiores  templos góticos do mundo. A vista através da Piazza é impressionante. Possui uma impressionante fachada coroada por 135 pináculos e inúmeras estátuas e gárgulas. No seu interior encontramos grandiosos vitrais, a medonha pintura de S. Bartolomeu esfolado e segurando a sua pele e o altar-mor, debaixo do qual se abriga o tesouro.

Igrejas inesquecíveis

2. Catedral de S. Basílio em Moscovo

Localizada da monumental Praça Vermelha, encontramos a Catedral de S. Basílio com as suas paredes de tijolos vermelhos, as suas cúpulas e, sobretudo, as suas cores vivas fazem dela um dos mais grandiosos edifícios alguma vez construídos. A Catedral foi mandada construir por Ivan o Terrível, em 1552, para celebrar uma vitória militar. A sua espetacular arquitetura e cores vivas quase sucumbiram por duas vezes à destruição. Primeiro por Napoleão, quando em 1812 conquistou Moscovo, mas felizmente a pólvora acabou ensopada com a chuva e a intenção perdeu-se. A segunda tentativa esteve nas mãos de Estaline, que procurou abrir espaço na Praça Vermelha para as suas paradas militares. No entanto, o arquiteto Baranovsky ameaçou cortar a sua garganta caso a demolição acontecesse. Não só conseguiu travar a destruição da catedral como conseguiu ainda cinco anos de trabalhos forçados por desafiar o ditador.

3. Sagrada Família em Barcelona

Uma das obras mais emblemáticas de Gaudi, a Sagrada Família é uma magnífica e inacabada igreja que nasceu, como muitas das suas obras, da sua imaginação única e absolutamente genial. A primeira pedra foi lançada em 1882 e desde então a obra decorre. A sua conclusão está prevista apenas para 2030. Pormenores que se destacam na sua construção: as plantas e animais esculpidos na fachada, as suas torres que podem ser avistadas em quase toda a cidade, a magnífica fachada da Paixão e as gárgulas que olham assustadoramente lá de cima.

4. Duomo em Florença

A primeira impressão é de total arrebatamento, não só pela sua dimensão e grandiosidade mas pelas cores vivas dos mármores verdes e rosas. Depois avistamos o Campanile e a Cúpula e sabemos que estamos perante uma das mais grandiosas obras primas de humanidade.

5.  Basílica di San Marco em Veneza

Um dos mais grandiosos e deslumbrantes igrejas de Itália. De inspiração oriental, a Basílica tem detalhes de verdadeiro esplendor e opulência: os Cavalos de San Marcos, os mosaicos da fachada, a estátua de S. Marcos e os Anjos no topo do arco Central, o mosaico do pavimento no interior, os mosaicos no interior da Cúpula da Ascenção, os arcos da entrada, e muito mais.

6. Igreja de Santa Maria em Cracóvia

É anterior à construção da praça central e, por esse motivo, se encontra, desenquadrada dos restantes edifícios. É uma das mais bonitas basílicas góticas onde já tive oportunidade de entrar, com magníficos vitrais, coloridas paredes e um grandioso altar, com 13 metros de altura e 11 de largura, um dos maiores da Europa. O seu autor, Veit Stoss, demorou 12 anos a concluir a obra, incluindo cerca de 200 figuras esculpidas, cuja dimensão oscila entre uns poucos de centímetros até aos três metros. A igreja é também conhecida pelo famoso toque de corneta, que acontece a todas as horas.

7. Catedral de Notre-Dame em Paris

A sua fachada gótica e as duas torres com 69 m de altura são o que primeiro nos impressiona quando nos aproximamos daquela que é o principal centro religioso de Paris. O seu interior deslumbra com os magníficos vitrais. É um espaço mágico, talvez por influência de uma das minhas estórias favoritas, O Corcunda de Notre Dame.

8. Capela de São Kinga, Minas de Sal de Wieliczka em Cracóvia

A Capela de São Kinga está localizada na mina de Sal de Wieliczka  e foi toda escavada numa galeria e recheada de quadros e esculturas de sal. É um dos espaços mais impressionantes em toda a mina.

9. Basílica S. Pedro, no Vaticano

Tudo é grandioso na Basílica de S. Pedro. O exuberante Baldaquino que cobre o túmulo de S. Pedro, a famosa Piéta de Miguel Ângelo e a Estátua de S. Pedro. Estátua cujo pé está gasto devido aos toques dos peregrinos ao longo dos anos. E a grandiosa Cúpula de S. Pedro, com mais de 135 m de altura alcançada apenas por uma escadaria com mais de 535 degraus.

10. Abadia de Westminster em Londres

É a igreja mais importante de Londres. Famosa mundialmente por ser o local de coroação do Monarca do Reino Unido. Foi construída no século XI, foi reformada entre os séculos XIII e XIV. Foi desde a sua fundação até o século XVI uma igreja católica.

 

Published by Random Traveler

Olá, o meu nome é Sónia, e quando não estou a viajar, estou a planear a próxima viagem ou a sonhar com mil e um destinos que ainda não conheço. Já visitei 38 países e é nessas viagens que nascem as histórias e imagens que aqui partilho. View more posts

One thought on “10 Igrejas inesquecíveis

  1. Olá Sónia,
    Gostei imenso deste seu post, e gostaria de a convidar a procurar a Igreja da Polana em Maputo que é para mim uma das mais bonitas e originais que conheço.
    Espero que goste.
    Cumprimentos
    Paula

Leave a Reply

Exit mobile version