O Perfume de Hue   

Situada nas margens do Rio Perfume, a antiga capital imperial do Vietname, Huế ainda mantém muita da sua riqueza histórica. Foi até 1945 a capital nacional e o centro político, cultural e religioso do Vietname sob o controlo da dinastia Nguyen. No entanto, muita desta riqueza acabou destruída durante a “guerra americana”. Após a guerra, os edifícios que sobreviveram, foram ativamente restaurados e preservados. Esta cidade profundamente evocativa da época imperial dominada pelos imperadores Nguyen ainda ressoa com as glórias de um Vietname há muito desaparecido. É um exemplo excecional do poder do império feudal vietnamita. Hue é, por isso, um dos sete locais considerado Património Mundial da UNESCO do Vietname. Mas o que visitar em Hue? Bem, muita coisa que no final se resumem em quatro “coisas”:  a Cidade Imperial, os túmulos dos imperadores, os Pagodes e o Mercado Dong Ba.

A Cidade Imperial

A fortaleza e o palácio murado na cidade de Hue constituíam, nos séculos XVII e XVIII, capital administrativa do sul do Vietname. Os terrenos da Cidadela estão rodeados por um fosso alimentado pelo rio Perfume. O seu interior encontra-se dividido em dois espaços distintos: a Cidade Imperial e a Cidade Proibida.

A Cidade Imperial protegia os palácios nas muralhas e a Cidade Proibida era a casa do imperador e a família real. A Cidade Imperial foi, durante o reinado de Minh Man, a estrutura mais maciça construída na história do Vietname moderno. Envolveu milhares de trabalhadores, milhões de metros cúbicos de rocha e um enorme volume de carga de trabalho.

Um dos locais a visitar em Hue, a Cidade Imperial

A cidade imperial de Hue tem um perímetro de 10 km, com mais de seis m de altura e 21 m de espessura. Ao redor da cidade existe um sistema de canais que serviam de proteção e como uma via navegável e 10 majestosos portões, as entradas da Cidade Imperial.

É possível passar aqui um dia inteiro, caso a estadia o permita. E visitar os diversos complexos, os templos, os pavilhões ricamente decorados, os Palácios, o Teatro, a Biblioteca Real.

Túmulos dos imperadores

A antiga capital do Vietname foi o lar dos Imperadores da Dinastia Nguyen e cinco dos seus túmulos situam-se ao longo do Rio Perfume. São alguns dos muitos exemplos do que visitar em Hue. Estão espalhados por uma vasta área nas imediações de Hue: Tu Duc, Dong Khanh, Thieu Tri, Khai Dinh e Minh Mang.

Túmulo de Tu Duc: Tu Duc foi um imperador que reinou pelo período mais longo da Dinastia Nguyen. Por esse motivo, deixou um dos mais grandiosos túmulos da região. Concebido pelo próprio e, entre outros pormenores, inclui um lago com uma pequena ilha. Apesar da imponência com que o desenhou e construiu, o Imperador escolheu ser enterrado num outro local que se mantém secreto até hoje.

O que visitar em Hue? Sem dúvida os túmulos dos imperadores

Túmulo Dong Khanh: A sua construção encontrou muitos obstáculos, prolongando-se por 35 anos e 4 réis. Resultado? Uma misturada de influências arquitetónicas. Um dos espaços mais notáveis do complexo é o templo de Ngung Hy. Ali se misturam influências tradicionais e modernas, inaugurando uma era de artes, inspirada em traços ocidentais e orientais. O design da área do túmulo é particularmente curioso. A sua influência ocidental fazem com que tenha peculiaridades arquitetónicas, pormenores decorativos e até materiais de construção, como o cimento, azulejos e tijolos.

Túmulo Thieu Tri: localizado na aldeia de Chu Chanh, acerca de 8 Km da cidade.  É constituído por um conjunto de elementos que fazem dele uma obra de arte. Tais como o portão de bronze, as duas fileiras de estátuas de pedra, a torre de Bi Dinh e Duc Hinh, as três pontes e o telhado do templo principal gravado em 450 palavras e poemas. O túmulo Thieu Tri possui uma arquitetura única e está cercado da mais bela paisagem, constituída por árvores frondosas e campos de arroz.

Túmulo de Khai Dinh: um dos mais elaborados de Hue. As cerâmicas que adornam o seu interior  são impressionantes, com uma mistura de arquitetura vietnamita e europeia.

Túmulo Minh Mang: Considerado o mais majestoso de todos os túmulos reais. Minh Mang é um complexo localizado no monte de Cam Khe e ocupa uma área de 18 ha. Dizem que de longe o complexo se parece com uma pessoa com a colina como travesseiro, as mãos e pés a alcançar o rio. Do portão da frente para a porta traseira são quase 700 m. Tem uma combinação perfeita de beleza natural, onde a arquitetura tradicional se encaixa de forma harmoniosa.

Pagodes

Pagode Thien Mu: Símbolo da cidade de Hue, a par da sua torre octogonal de 21 m de altura e sete andares. É a combinação perfeita entre arquitetura e natureza. Com vista para o Rio Perfume foi, em tempos conturbados, local emblemático de manifestações políticas. Foi, por isso, destruído e reconstruído diversas vezes ao longo dos anos. Talvez o ícone mais importante destas lutas é o Austin azul. O carro onde um monge se imolou pelo fogo, procurando demonstrar a sua oposição ao regime de Diem, que procurava acabar com o Budismo.

Pagode Bao Quoc: localizado na colina Hàm Long. É conhecido pelo seu centro de treino para monges que existe desde 1940, quando o Vietname reiniciou a educação budista. Embora tenha sido renovado em meados do século XX, ainda mantém parte do seu charme tradicional.

Pagode Tu Dam: localizado a cerca de 2 km da cidade de Hue ao sul e tem a montanha de Kim Phung mesmo frente. É caracterizado por uma combinação de estilos arquitetónicos modernos e mais tradicionais. O pagode tem uma decoração simples comparada com outros pagodes da região, destacando-se sobretudo a estátua de Ton Thich sentada numa flor de lótus.

Mercado Dong Ba

A semelhança dos outros mercados do Vietname é um espaço cheio de vida e animação. Ali vendem peixe e marisco fresco, diretamente do rio Perfume, frutas e legumes, carne, roupa, acessórios e eletrónica. É um espaço muito divertido onde nos podemos perder horas sem fim a admirar os produtos, as transações e as interações.

Mercado Dong Ba, outro dos locais a visitar em Hue

Como ir e como se deslocar: 

Dependendo do ponto de partida existem várias formas de chegar a Hue. Avião, autocarro ou até transfer de carro se for de mais perto como foi o meu caso (vim de Hoi An, a 2 horas de carro).

À semelhança de outras cidades do Vietname as distâncias podem ser percorridas facilmente de Rik Xau ou táxi, ambos bastante em conta. Infelizmente as atrações em Hue estão bem espalhadas pela cidade, pelo que estas opções acabam por facilitar bastante a otimização do tempo de visita. Para conhecer os templos e túmulos fora da cidade, podem alugar uma mota, pedir um carro com motorista no hotel, fazer em excursão ou até mesmo de barco.

Onde comer: 

As ruas onde se encontra a maior e melhor concentração de restaurantes são P. Ngu Lao, Chu Van An,  Vo Thi Sau e Nguyen Thai Hoc.  Existem por aqui bons restaurantes com comida tradicional e é também por aqui que se encontra a animação noturna. Algumas opções seguras: Hoa Vien (Vo Thi Sau) e Elegant Restaurant (Vo Thi Sau).

Published by Random Traveler

Olá, o meu nome é Sónia, e quando não estou a viajar, estou a planear a próxima viagem ou a sonhar com mil e um destinos que ainda não conheço. Já visitei 38 países e é nessas viagens que nascem as histórias e imagens que aqui partilho. View more posts

One thought on “O Perfume de Hue   

Leave a Reply

Exit mobile version