24 horas em Lisboa

Para quem vem por um fim de semana, de passagem para a Europa ou para o outro lado do Oceano ou para quem simplesmente quer matar saudades da capital. Um roteiro tranquilo porque Lisboa não é para ser vista com pressas.

Dia 1

Manhã: Primeiro vamos visitar a Baixa. Começamos pela Praça do Comercio e através do Arco do Triunfo entramos na grandiosa rua pedonal, Rua Augusta, que percorremos de olhos postos nas montras. Não esquecer uma visita a Rua Áurea e Rua da Prata, logo ali ao lado. Devagar chegamos à Praça do Rossio e aos Restauradores, praças nobres da cidade e locais de grande animação, ideias para descansar e beber um café ou uma bebida fresca. Na Praça do Rossio merecem uma visita o Teatro Nacional e o famoso café Nicola. Daqui temos vista privilegiada para vários ex-libris da cidade, o Castelo de S. Jorge, as ruínas do Carmo, a Estação do Rossio, a Praça do Marquês de Pombal, a Avenida da Liberdade. O difícil será escolher qual a próxima direção a seguir.

Rossio

À tarde: Sugiro apanhar o elétrico 28 na Praça da Figueira e seguir com ele pelas ruas de Lisboa, culminando no Miradouro Sta. Luzia com a sua imponente vista panorâmica sobre o bairro de Alfama e o rio Tejo. Daqui é sempre a subir até ao Castelo de S. Jorge. As ruas envolventes são do mais típico que poderão conhecer em Lisboa, por onde o tempo quase não passa. Chegamos ao Largo das Portas do Sol e daqui entramos no imponente Castelo. Desfrutem da vista da cidade e quando saírem, desçam devagar pelas ruas da Mouraria e de Alfama, aproveitem para meter conversa com algum vizinho à janela e perguntar indicações para um dos muitos restaurantes do bairro, de preferência com um fadinho à mistura. Terminem o primeiro dia por aqui porque descansar também é importante e amanhã à mais para ver.

Castelo_SJorgeLX1

Dia 2

Manhã: Começamos logo cedo com uma visita a Belém,  onde chegamos no elétrico nº 15 a partir da Praça do Comercio. Belém guarda algumas dos monumentos mais importantes de Lisboa. Recomendo uma visita ao Mosteiro dos Jerónimos, à Torre de Belém, ao Monumento dos Descobrimentos, ao Museu Nacional dos Coches e se o descobri, ao Padrão do Chão Salgado, ao lado dos famosos Pastéis de Belém, outro e ex-libris que também não quererá deixar de visitar. Recomendo ainda um almoço num dos muitos restaurantes com esplanada que se estendem no jardim em frente. 


IMG_2737

À tarde: Regressamos ao centro da cidade e subimos no Elevador de Santa Justa até ao Chiado. Recomendo passar a tarde por estes lados, conhecendo uma zona da cidade que apesar do aspeto antigo foi totalmente reconstruída após o incêndio. Motivos de interesse não falta deste a Rua Garret e a sua Brasileira, o Convento do Carmo, o Largo do Carmo e a Praça Luís de Camões.

5d15c-elevadorst-justaii

Convento Carmo

Recomendo parar para tomar uma bebida fresca num dos muitos cafés da zona e fazer tempo pelo entardecer para visitar o famoso Bairro Alto. Este foi um dos pouco bairros que apesar da sua traça tradicional, procura ser diferente com lojas de roupas e produtos alternativos, barbearias, tatuadores, bares e grafitis por todo o lado. Recomendo jantar por este lados, procurar uma típica casa de Fados e terminar a noite num dos inúmeros bares por ali espalhados. Animação não falta. É o local ideal para terminar a visita a Lisboa.

Bairro_Alto

Como vir e onde ficar: Lisboa está na rota das principais companhias aéreas, incluindo as low cost, pelo que não será difícil cá chegar. De outros pontos do País, é possível chegar a Lisboa de comboio e de autocarro, bem como do óbvio automóvel (apesar do estacionamento ser difícil e caro). Arranjar Hotel não será também complicado. Existem desde as opções mais baratas, passando pelos Hostels que agora estão na moda e são de grande qualidade, a opções para bolsas mais cheias como a nova Pousada de Lisboa, em plena Praça do Comercio.

Como se deslocar: Por favor esqueça os Tuk-Tuks. A pé, Lisboa é para ser conhecida a pé. Sim, a cidade é inclinada e cheia e colinas mas o esforço vai valer a pela. E pode, no limite, subir de elétrico, e descer rua abaixo, apreciando o que de mais tradicional esta cidade tem para oferecer.

One thought on “24 horas em Lisboa

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.