Uma viagem pelo Centro do País

Adoro colocar as malas no carro e partir à descoberta dos inúmeros tesouros que Portugal tem para oferecer. Nem todas as viagens tem que implicar uma viagem de avião ou um destino exótico. Também por cá podemos viver grandes experiências e descobrir os mais belos destinos.

Por exemplo…um roteiro de 2 dias pelo Centro do País com paragens em Aveiro, S. Pedro do Sul, Vouzela e terminando na cidade mais alta de Portugal, na Guarda.

Primeiro destino Aveiro, onde podemos passear pelos canais daquela que é considerada a Veneza de Portugal (à sua escala, claro!). Os canais coloridos por pitoresco barcos cujas cores e pitorescas frases dão vida à cidade, as casas de listas coloridas da Costa Nova e as Buga (Bicicleta de Utilização Gratuita de Aveiro) fazem de Aveiro um local único no país. Antes de partir não esquecer de levar pelo menos uma caixinha de ovos moles para o caminho.

2e62e-aveiro-costa-nova7da7b-aveiro1

9787b-lostfile_jpg_55854215
 Seguimos para S. Pedro do Sul, uma pequena povoação conhecida pelas suas Termas de origem pré-histórica e cujos benefícios sem sido usufruídos desde os romanos até à atualidade. Chegando a S. Pedro do Sul sugiro um passeio pela cidade passando pelas termas (as novas e as deixadas pelos Romanos), pelo magnifico Edifício da Inatel, passando pela ponte sobre o Vouga. E por aqui pernoitamos. Deixo apenas duas sugestões de Hotéis como recomendação – Inatel Palace e Hotel Do Parque – Health Club & Spa.

15f35-lostfile_jpg_55962711

a6357-lostfile_jpg_55874519

329da-lostfile_jpg_55973695

No dia seguinte partimos bem cedinho em direção a Vouzela que fica a apenas meia dúzia de Km de S. Pedro do Sul. Aqui partimos à descoberta de mais um sem numero de pontos de interesse como por exemplo a ponte em arcos que já serviu uma linha do comboio, linha relembrada pela presença de uma antigo comboio a vapor junto à ponte. Recomendo também um passeio pelo jardim junto aos arcos da ponte e à igreja Matriz.

00432-lostfile_jpg_55936839
070f6-lostfile_jpg_55933735
fb3c2-vouzela11

Tudo é verdejante e de cores vivas por isso seguimos caminho, sem destino, e passamos por inúmeros locais com uma forte riqueza histórica e cultural, onde o tempo parece passar bem devagar.

f8156-lostfile_jpg_55910183
ef669-lostfile_jpg_55915751
38f03-lostfile_jpg_55914183

aa12c-lostfile_jpg_55925887

Seguimos agora para Sul, em direção à Guarda, ali mesmo ao lado da Serra da Estrela. É cerca de uma hora de caminho e chegamos mesmo a tempo da hora do almoço. Depois de “barriga cheia” passeamos por esta cidade que tem tanto para nos mostrar. Guarda é a mais alta cidade de Portugal e, não sei se por este motivo, tem um dos ares mais puros que já respirei na vida. Parece que por ali não existe qualquer sinal de poluição.

 Partimos então à descoberta da catedral, imponente pela sua dimensão e força, da Porta do Sol no coração do bairro Judeu, da Torre de Menagem do Castelo que se ergue a 1.056 metros do nível do mar e das suas ruas e casas pachorentas.

96746-lostfile_jpg_56019655

f8ac5-lostfile_jpg_56021031

E por aqui terminamos, com pouca de vontade de voltar já para casa. Este é apenas um dos muitos percursos que conseguimos fazer num qualquer fim-de-semana em que não nos apeteça ficar por casa ou numa altura em precisamos de descansar e ver coisas novas mas ainda faltam semanas e semanas paras férias.
Bons passeios!