Esta Lisboa que eu amo #2

Lisboa está cheia de surpresas escondidas e quando menos se espera, numa rua suja e com casas a cair de podre, onde ninguém desconfia, damos de caras com um pequeno tesouro. Desta vez foi com uma livraria deliciosa especialmente dedicada a livros e acessórios de viagem – “Palavra de Viajante”.

Aqui podemos encontrar não só os tradicionais guias e mapas de viagem como uma panóplia de livros que relatam as mais diversas viagens dos mais distintos viajantes. Uma coleção fenomenal que nos torna dificílima a escolha para trazer para casa um novo amigo encadernado. Num ambiente acolhedor e quente que parece a nossa sala e nos dá vontade de escolher um livro e ficarmos aninhados naqueles sofás até chegarmos ao seu final.

Segundo o seu site, no espaço onde agora vive a “Palavra de Viajantes” já foi “uma loja de guarda-chuvas e uma farmácia (daquelas onde ainda se compunham os medicamentos), frente à qual Fernando Pessoa viveu; um edifício tipicamente lisboeta, construído em meados do século XIX, numa zona onde ainda se sabem os nomes dos vizinhos, mesmo que alguns mudem de quatro em quatro anos: Rua de São Bento, 30. E para que o conforto seja total, acrescentámos um café, onde também se viaja pela gastronomia, pois nele se pode almoçar ou beber um copo de vinho.”

Não parece um local quase perfeito para nos perdermos? Então do que estão à espera.

Para os mais desatentos repito a morada…R. de São Bento, 30

Deixar uma resposta