24 horas em Lisboa

Para quem vem por um fim de semana, de passagem para a Europa ou para o outro lado do Oceano ou para quem simplesmente quer matar saudades da capital. Um roteiro tranquilo porque Lisboa não é para ser vista com pressas.

Dia 1

Manhã: Primeiro vamos visitar a Baixa. Começamos pela Praça do Comercio e através do Arco do Triunfo entramos na grandiosa rua pedonal, Rua Augusta, que percorremos de olhos postos nas montras. Não esquecer uma visita a Rua Áurea e Rua da Prata, logo ali ao lado. Devagar chegamos à Praça do Rossio e aos Restauradores, praças nobres da cidade e locais de grande animação, ideias para descansar e beber um café ou uma bebida fresca. Na Praça do Rossio merecem uma visita o Teatro Nacional e o famoso café Nicola. Daqui temos vista privilegiada para vários ex-libris da cidade, o Castelo de S. Jorge, as ruínas do Carmo, a Estação do Rossio, a Praça do Marquês de Pombal, a Avenida da Liberdade. O difícil será escolher qual a próxima direção a seguir.

Rossio

À tarde: Sugiro apanhar o elétrico 28 na Praça da Figueira e seguir com ele pelas ruas de Lisboa, culminando no Miradouro Sta. Luzia com a sua imponente vista panorâmica sobre o bairro de Alfama e o rio Tejo. Daqui é sempre a subir até ao Castelo de S. Jorge. As ruas envolventes são do mais típico que poderão conhecer em Lisboa, por onde o tempo quase não passa. Chegamos ao Largo das Portas do Sol e daqui entramos no imponente Castelo. Desfrutem da vista da cidade e quando saírem, desçam devagar pelas ruas da Mouraria e de Alfama, aproveitem para meter conversa com algum vizinho à janela e perguntar indicações para um dos muitos restaurantes do bairro, de preferência com um fadinho à mistura. Terminem o primeiro dia por aqui porque descansar também é importante e amanhã à mais para ver.

 Castelo_SJorgeLX1

Dia 2

Manhã: Começamos logo cedo com uma visita a Belém,  onde chegamos no elétrico nº 15 a partir da Praça do Comercio. Belém guarda algumas dos monumentos mais importantes de Lisboa. Recomendo uma visita ao Mosteiro dos Jerónimos, à Torre de Belém, ao Monumento dos Descobrimentos, ao Museu Nacional dos Coches e se o descobri, ao Padrão do Chão Salgado, ao lado dos famosos Pastéis de Belém, outro e ex-libris que também não quererá deixar de visitar. Recomendo ainda um almoço num dos muitos restaurantes com esplanada que se estendem no jardim em frente. 


IMG_2737

À tarde: Regressamos ao centro da cidade e subimos no Elevador de Santa Justa até ao Chiado. Recomendo passar a tarde por estes lados, conhecendo uma zona da cidade que apesar do aspeto antigo foi totalmente reconstruída após o incêndio. Motivos de interesse não falta deste a Rua Garret e a sua Brasileira, o Convento do Carmo, o Largo do Carmo e a Praça Luís de Camões.

5d15c-elevadorst-justaii

Convento Carmo

Recomendo parar para tomar uma bebida fresca num dos muitos cafés da zona e fazer tempo pelo entardecer para visitar o famoso Bairro Alto. Este foi um dos pouco bairros que apesar da sua traça tradicional, procura ser diferente com lojas de roupas e produtos alternativos, barbearias, tatuadores, bares e grafitis por todo o lado. Recomendo jantar por este lados, procurar uma típica casa de Fados e terminar a noite num dos inúmeros bares por ali espalhados. Animação não falta. É o local ideal para terminar a visita a Lisboa.

Bairro_Alto

Como vir e onde ficar: Lisboa está na rota das principais companhias aéreas, incluindo as low cost, pelo que não será difícil cá chegar. De outros pontos do País, é possível chegar a Lisboa de comboio e de autocarro, bem como do óbvio automóvel (apesar do estacionamento ser difícil e caro). Arranjar Hotel não será também complicado. Existem desde as opções mais baratas, passando pelos Hostels que agora estão na moda e são de grande qualidade, a opções para bolsas mais cheias como a nova Pousada de Lisboa, em plena Praça do Comercio.

Como se deslocar: Por favor esqueça os Tuk-Tuks. A pé, Lisboa é para ser conhecida a pé. Sim, a cidade é inclinada e cheia e colinas mas o esforço vai valer a pela. E pode, no limite, subir de elétrico, e descer rua abaixo, apreciando o que de mais tradicional esta cidade tem para oferecer.

Um pensamento sobre “24 horas em Lisboa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s