Geek dos Museus: Museu D’Orsay

O Museu D’Orsay, em Paris foi um dos que mais gostei de visitar, talvez porque já foi uma estação de comboios, a Gare de Orsay. Projetado pelo arquiteto Victour Laloux, que foi inaugurado em 1898, para a Exposição Universal de 1900. A estação foi usada até 1939, altura em que foi encerrada e deixada ao abandono (como!!!). Vamos fazer uma visita ao Museu D’Orsay?

Gare de Orsay, Paris
Museu D'Orsay, Paris

Vários foram ainda os usos dados a este imponente edifício até ao seu encerramento em 1973. Durante a Segunda Guerra Mundial serviu de centro de correios. Foi usada por Orson Welles no filme “O Processo” em 1962. Foi ainda usada como teatro e sala de leilões. Finalmente em 1977 foi decidido salvar o imponente edifício e nasceu então o Museu D’Orsay. Foi inaugurado pelo presidente François Mitterrand a 1 de Dezembro de 1986. Os arquitectos Renaud Bardon, Pierre Colboc e Jean-Paul Philippon foram os responsáveis pela adaptação da estação.

Museu D'Orsay, Paris

Atualmente o Museu inclui uma das mais importantes coleções impressionistas e pós-impressionistas do mundo que inclui quadros de nomes como Manet, Monet, Renoir, Matisse, Toulouse-Lautrec e Van Gogh.

Museu D'Orsay, Paris
Le Déjeuner sur l’Herbe
Manet – 1982-83

O Museu teve, em 2011, mais de 3 milhões de visitantes e nos seus mais de 25 anos já passaram pela magnífica fachada do edifício para visitar o museu mais de 69 milhões de pessoas. Razões não faltam para conhecer este espaço cuja luz natural e espaço interior são verdadeiramente esmagadores.

Deixar uma resposta