Bucareste Day Trip: Brasov

Brasov é uma pequena cidade romena com uma atmosfera e encanto medievais, com casas coloridas e ruas de paralelepípedos, aninhada entre as montanhas dos Cárpatos.

Fundada pelos Cavaleiros Teutónicos em 1211, Brasov foi interseção das rotas comerciais que ligam o Império Otomano à Europa Ocidental o que lhe permitiu obter uma riqueza considerável e exercer uma forte influência política na região. Importantes fortificações foram erguidas ao redor da cidade, assim como várias torres para assegurar a sua proteção.

O que visitar:

Centro Histórico

Começamos pelo Centro Histórico com as suas ruas calcetadas e edifícios barrocos coloridos. É o local ideal para vaguear, beber um café numa esplanada ou comer um gelado. Deambulando encontramo-nos na rua mais estreita da Europa de Leste e uma das mais estreitas da Europa. A Rua da Corda (Strada Sforii) tem cerca de um metro e meio de largura e liga a Rua Cerbului com a Rua Poarta Schei. Foi inicialmente usada como rota de acesso pelos bombeiros.

Brasov.jpg
Brasov-small-street.jpg

Igreja Negra

O mais famoso monumento de Brasov, a Igreja Negra é a principal igreja gótica da Roménia. Foi construída entre 1385 e 1477 sofreu várias destruições ao longo dos séculos. Em 1689 um incêndio devastou grande parte da cidade e escureceu as paredes da igreja, que ganhou daí o seu nome. Possui o maior sino da Roménia, com sete toneladas, um impressionante órgão de 4 000 tubos que data de 1839, colunas de pedra e paredes adornadas com fabulosos tapetes turcos. Peças de um ‘puzzle’ que fazem do seu interior uma verdadeira obra de arte.

Brasov - Black Church.jpg

Praça do Conselho (Piaţa Sfatului)

Esta praça é o portal de entrada em Brasov. É uma praça ampla rodeada por montanhas imponentes, aqui podemos encontrar igrejas ornamentadas, belos edifícios, restaurantes e outros espaços onde é possível provar a comida local. É um ótimo lugar para descansar e aproveitar a paisagem envolvente.

Brasov - Praça Central1.jpg

Brasov judeu

Os judeus aqui vivem desde 1807 e ao longo dos séculos aqui têm deixado a sua marca – a primeira escola judaica e a sinagoga.

Brasov - Sinagoga.jpg

Fortificações defensivas

Desde que os colonos saxões chegaram no início do século XII, Brasov foi consecutivamente invadida, primeiro pelos mongóis e depois pelos turcos, o que levou à construção de fortificações em torno da cidade. Parte da muralha defensiva, com 40 metros de altura, dois metros de espessura e mais de 3 km de comprimento, ainda pode ser vista hoje, embora a maioria tenha sido derrubada no século XIX para dar espaço à expansão da cidade. A fortaleza tinha ainda diversos bastiões e Portas das quais só resta atualmente a Porta Catarina. Foi construída pela guilda dos alfaiates em 1559 e deve o seu nome ao convento de Santa Catarina que ali existia.

Brasov - Porta Catarina.jpg

Montanha Tampa

Tampa é a montanha que rodeia a cidade. É possível subir até ao topo, onde a fortaleza defensiva original foi construída, a pé ou através do teleférico.

Brasov - Tampa1.jpg

Brasov fica a três horas de Bucareste e é ponto de entrada na Transilvânia. É um excelente ponto de passagem para quem está pela Capital ou para quem vai visitar os Castelos de Peles e de Bran. Basta alugar um carro ou reservar uma das excursões.

One thought

  1. Estou a planear as viagens para o próximo ano e, depois de recentemente ter passado por 5 países dos Balcãs, a Roménia é uma boa opção para 2019, juntamente com Sérvia, Bulgária e Turquia ou Ucrânia.
    Obrigado pelas dicas!

    Rui Quinta, Rui de Viagem

Deixar uma resposta