Os 5 melhores miradouros de Barcelona

Barcelona é uma cidade de altos e baixo, pejada por isso de miradouros onde podemos desfrutar das melhores vistas da cidade. Para quem não resiste a uma boa fotografia de Barcelona aqui deixo algumas sugestões para ver a cidade dos seus melhores ângulos.

Park Güell

Park Güell.jpg

Museo Nacional de Arte de Cataluña

Museo Nacional de Arte de Cataluña

Castelo de Montjuïc

Castelo de Montjuïc

Teleférico do porto

Teleférico del puerto.jpg

El Corte Inglés

el-corte-inglc3a9s

8 melhores ruas de compras da Europa

Ruas Compras Europa.png

1. Grafton Street, Dublin

A mais famosa rua pedonal de comercio em Dublin, onde é possível encontrar as principais marcas que todos conhecemos e adoramos, armazéns e alguns cafés e restaurantes.

Grafton Street dublin.jpg

2. Oxford Street, Londres 

É A rua de compras por excelência. São metros e metros de lojas de marcas nacionais e internacionais de vestuário (da Zara à minha beloved Dorothy Perkins). Há e não esquecer da Primark (a maior que já vi até hoje). O paraíso! A estas juntam-se grandes armazéns, lojas de música e tecnologias, restaurantes de fast food e snack.

Oxford Street Londres.jpg

3. Kurfürstendamm, Berlim

A Kurfürstendamm é, a par da Unter, uma das avenidas mais movimentadas e animadas de Berlim. Por aqui se localizam algumas mas mais importantes lojas internacionais.

Kurfürstendamm berlim540.png

4. Váci-Utca, Budapeste

Situada no coração da cidade é uma rua pedonal onde se podem encontrar a mais numerosas lojas, centros comerciais, restaurantes e cafés. Na altura do natal recebe também um mercado tradicional.

Váci_utca_budapeste.jpg

5. Passeig de Gracia, Barcelona

Para quem gosta de compras está é a zona ideal e a mais luxuosa da cidade, tendo como ponto central deste triângulo a Praça da Catalunha.

Barcelona Paseo de Gracia.jpg

6. Gran Via

Uma das mais glamourosas avenidas de Madria,  a Gran Via não é destino para quem vai com os trocos contados. Aqui se localizam as principais lojas de grandes, pequenas e médias griffes internacionais que nos vão dar vontade de gastar tudo o que temos e mais um pouco.

Madrid Gran_Vía.jpg

7. Champs-Elysées

É uma das mais impressionantes avenidas do mundo e um local de passagem obrigatório numa visita a Paris. Local de passeio privilegiado para os parisienses, sobretudo os mais abastados uma vez que aqui se localizam as principais marcas de luxo.Champs-Elysées Paris.jpg

8. Via Montenapoleone, Milan

A rua mais fashionista, na cidade mais fashion do Mundo. Até o nome vem da mais ilustres das personagens históricas, Napoleão. Por aqui as grandes marcas italianas estão em vantagem, com montras tão apetitosas que apetece trazer tudo!

via-montenapoleone-milao

Fonte: davidesoft

Esqueci-me de alguma? Por favor digam qualquer coisa porque com compras não se brinca 🙂

Que cidades não se importariam de voltar a visitar?

Sem duvida Londres…tantas vezes quantas possível.

londres

Barcelona…animada, sabe receber e fazer sentir-nos em casa.

LostFile_JPG_52588479

Budapeste, apenas porque é grandiosa e envolvente.

buda1

Dublin, porque é bem disposta, tem excelente comida e melhor bebida.

IMG_2380

 

Veneza, porque nos relembra uma época gloriosa e porque namorar pelas suas ruas e canais tem outro nível.

100_3253

Roma, pela história, pela comida, pela simpatia e pelo ar elegante e distinto dos romanos.

c4aa8-coliseu25

E claro Nova Iorque…por tudo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

É vocês…que cidades não se importariam de voltar a visitar e porquê?

GRÁTIS! 11 coisas para fazer de graça em Barcelona

Gratis Barcelona.png

Continuo o meu périplo pela identificação de atrações maravilhosas que podem ser descobertas sem abrir a carteira. Vamos à descoberta?

1. Passear pela La Rambla

Sim, é o ponto mais turísticos da cidade. Sim, estará cheia de gente. No entanto é incontornável descer esta alameda de cerca de 1 Km ladeada de edifícios histórico, cores, cheiros e vidas.

La Rambla La Rambla1

 2. Conhecer o Mercat de la Boqueria

E já que por aqui estamos sugiro entrarem no Mercado que apesar de parecer meio escondido palpita de vida e animação. Aqui podemos encontrar uma enorme variedade de produtos alimentares, desde as saudáveis frutas e legumes, às calóricas mas deliciosas gomas.

LostFile_JPG_7476919 LostFile_JPG_7479383

3. Admirar a Arquitetura Modernista.

aqui vos tinha falado da riqueza arquitetónica da cidade pelas mãos de Gaudi mas existem outros exemplos que podem ser admirados por fora, sem custos adicionais como Hospital de la Santa Creu i de Sant Pau, o Palau de la Musica Catalana, a Casa Amatler, a Casa de les Punxes e a Casa Lleó Morera.

Hospital de la Santa Creu i de Sant Pau Palau de la Musica Catalana

 4. Passear no Parc de la Ciutadella

O oásis de verdura e tranquilidade. Aqui podemos admirar a Fonte da Cascata, o Parc Zoologico, o Arc de Triomf, Lago, o edificio do Parlamento da Catalunha entre diversas outras atrações.

LostFile_JPG_52115223

 5. Perder-se nas ruas do Barri Gòtic

Percorrer calmamente as ruas do bairro e inspirar a atmosfera medieval que aqui se sente e que torna este bairro único. E não esquecer de passar pela Catedral de Barcelona, um imponente edifício que domina quase todo bairro.

LostFile_JPG_68238023

 6. Admirar as montras no Passeig de Grácia

Aqui se localizam, além de importantes edifícios modernistas, algumas das principais marcas de moda de luxo. Esta avenida é ainda um excelente local para passear e admirar a vida na cidade.

LostFile_JPG_52357927

 7. Subir ao Castell de Montjuïc

O Castelo é uma fortaleza militar datada do século XVII e onde ainda podemos encontrar imponentes canhões apontados à espera de uma ataque à cidade. Além do lado histórico, o Castelo tem ainda uma das melhores vistas da cidade.

LostFile_JPG_7499879 LostFile_JPG_7520495

8. Perder-se no Parc Güell

Esta é uma das obras modernistas mais emblemáticas da autoria de Gaudi. Cada recanto tem uma surpresa a descobrir como o famoso lagarto, o banco sinuoso, as arcadas góticas, pavilhões com tetos decorados com pequenos azulejos coloridos. Foi declarado Património Mundial da Unesco em 1984 e tem também uma das melhores vistas da cidade, em especial sobre a Sagrada Família.

LostFile_JPG_51889151 LostFile_JPG_51867263

9. Admirar as vistas do andar superior do El Corte Inglés

Pode também aproveitar para tomar um café e descansar as pernas, pois Barcelona é uma cidade que o vai deixar de rastos. O edificio está localizado numa das laterais da Plaça de la Catalunya.

El Corte Inglés

10. Admirar o espectáculo de luzes na Font Mágica

Localizada em Montjuic, logo abaixo do Palau Nacional está instalada esta grandiosa fonte que à noite se enche de inúmeras cores. Os seus jatos de água dão um fabuloso espetáculo de luz e cor.

Font Mágica

 11. Visitar o Estádio Olímpico

Ao contrario do que o nome pode indicar não foi construído para os Jogos Olímpicos de 1992 que tiveram lugar em Barcelona (um dos mais memoráveis de sempre, marcados pela brilhante atuação de Freddy Mercury e Montserrat Cabellé. Quem não se lembra?). Este estádio foi construído em 1936 para as Olimpíadas Operárias que acabaram por não acontecer devido à eclosão da Guerra Civil.

LostFile_JPG_52267527

Como ir e onde ficar:

Na verdade nem tudo poderá ficar de graça mas é possível encontrar bons hotéis baratos em Barcelona e também, com alguma antecedência e persistência, poderá encontrar bilhetes de avião baratos.

À descoberta de Barcelona

Barcelona é uma cidade que nos prende por saber combinar de forma única o seu lado cosmopolita com história e tradição. Quando penso nas visitas que fiz a Barcelona, bastante distintas entre si, percebo a verdadeira dimensão da cidade e na enorme variedade de surpresas que podemos encontrar em cada momento.

Não e uma cidade para conhecer num fim-de-semana, nem num mês, nem, talvez, num ano. É uma cidade para ir descobrindo e visitando.

Por onde se perder

Eixample
O Eixample é um dos bairros mais animados e ricos da cidade, albergando algumas das mais monumentais obras arquitetónicas como a igreja inacabada da Sagrada Família, La Pedrera, a surrealista construção de autoria de Gaudi e a Mansana de lá Discórdia, três edifícios modernistas resultado da concorrência de três famílias burguesas e que envolveram três génios arquitetónicos – Gaudi, Domènech e Puig.

Barcelona

Este bairro alberga também duas das principais artérias da cidade, que fazem dele o centro da vida económica e comercial, Avenida Diagonal e Passeig de Grácia. Para quem gosta de compras está é a zona ideal e a mais luxuosa da cidade, tendo como ponto central deste triângulo a Praça da Catalunha.

Barcelona32

Bairro Gótico

A imponente Catedral de Barcelona, o grandioso e mais que fantásticos Palau de la Música Catalana e austera Igreja gótica de Santa Maria del Mar são algumas das joias que se pode visitar por aqui. No entanto, o que faz deste bairro um tesouro único são as suas ruas estreitas e meias sinistras, praças medievais e edifícios góticos que nos transportam para outra época.

O bairro gótico e o coração da cidade de Barcelona e é a zona ideal para nos perdermos pelas ruas, deambulando sem mapa e sem sentido e deixando o tempo passar.

barcelona4barcelona3

Montjuic
O parque de Montjuic, o pulmão da cidade, tem inúmeras atrações para descobrir como o castelo, a zona Olímpica e o Palácio Nacional.

O Castelo está situado a 170 metro acima do nível do mar e é uma imponente e sólida fortaleza militar. A subida pode ser feita a pé ou de funicular e a vista lá de cima é uma das mais impressionantes da cidade.

barcelona8barcelona7Barcelona9

Na zona Olímpica é possível visitar o Estádio, o Palácio Sant Jordi e a estrutura que recebeu a tocha Olímpica em 1992.

Barcelona11Barcelona26

 

Outra zonas a não perder

La Rambla
Os mais atentos vão constatar que ainda não tinha mencionado a principal avenida para peões de Barcelona, conhecida por La Rambla. Esta artéria e o local ideal para ativar os sentidos. É a zona turística por excelência, com tudo o que isso tem de positivo e negativo, mas merece uma visita, seja pela vida, pelas cores e cheiros, pela música, pelas bancas dos diversos vendedores ambulantes ou pelos homens estátua que decoram esta via.

Mas não deixe que a multidão envolvente e as inúmeras distrações a afastem de alguns pontos mais curiosos como a fonte de Canaletes, que assegura, para quem beber as suas águas, uma nova visita a cidade, o Mercado de La Boqueria, um verdadeiro paraíso de cheiros e sabores, o edifício com a fachada cheia de guarda chuvas (antiga fábrica dos mesmos) e o mosaico de Miro, no pavimento da Rambla.

Barcelona33Barcelona34

Barcelona30

A Rambla tem início na enorme Praça da Catalunha, sempre movimentada, centro nevrálgico da cidade e tendo como ponto central de atenção o grandioso edifício do El Corte Inglês, cuja vista do ultimo piso vale a pena não perder.

Os parques
Barcelona tem muito mais para oferecer para lá das suas lojas de luxo e avenidas requintadas…tem maravilhosos parques verdes como Montjuic, (acima), Paque Güell e o Parque da Ciutadella.

O Parque de la Ciutadella é o local ideal para descansar de uma semana intensa pelas ruas da cidade. É um oásis de tranquilidade no meio da cidade onde podemos fazer um pic nic, dormir sobre as árvores, admirar a fantástica Fonte da Cascata, uma monumental fantasia barroca que ocupa de forma imponente um dos lados do jardim. O parque guarda ainda Parlamento da Catalunha, os Museus de Geologia e zoologia e um Arco do Triunfo.

Barcelona20Barcelona18Barcelona19

O Parque Güell fica na zona alta da cidade e é Património Mundial da UNESCO. Se começou a visita por aqui terá o primeiro e muito interessante contacto com a influência de Gaudi em Barcelona. Por todo o parque encontramos as suas influências e a sua casa, atualmente museu dedicado à sua vida, aqui está localizada, entre a frondosa vegetação.

Barcelona17Barcelona16Barcelona14Barcelona13

E já que falamos do génio que deixou obra por toda a cidade, convido-vos a seguir os passos da sua obra aqui .

As vistas
Curiosamente Barcelona faz lembrar Lisboa pelas suas zonas altas, alternada por zonas mais plana. Por este motivo são inúmeros os pontos onde podemos avistar a cidade no seu todo e contemplar as suas diferenças lá do alto.

Começamos pelo Monte Tibidabo que oferece a melhor vista da cidade, mas sem esquecer o Castelo de Montjuic, com uma vista soberba sobre o Porto, a Sagrada Família, vista das torres sineiras, o El Corte Inglês, que além da vista oferece um café e restaurante onde podemos descansar por alguns momentos enquanto admiramos a vista, e o Parque Güell, que tem uma vista única sobre a Sagrada Família e o Mediterrâneo.

Barcelona12

Barcelona low cost
Barcelona é uma cidade relativamente cara e onde as principais atrações são todas de entrada paga. No entanto, existem ainda algumas opções a custo zero como passear pela Rambla ou pelas Praias de Barceloneta, subir ao Parque Güell ou ao miradouro de Tibidabo (tem a melhor vista da cidade) ou visitar o mercado da Boqueria (a meio da Rambla).

Como ir e onde ficar: Procura hotéis baratos em Barcelona? A busca não é muito difícil, o mais difícil é serem baratos e centrais uma vez que a cidade não é muito pequena.  Existem também outras opções para grupo maiores como apartamentos totalmente equipados que dão até 10 pessoas o que acaba por ficar mais em conta.

Relativamente a deslocação, Barcelona é uma daquelas cidades bem servidas por companhias low cost e se não tiverem grandes condicionantes de datas conseguem preços muito interessantes.

160 anos de Gaudí

Ando tão a mil por estes dias que deixei passar a data do nascimento desse génio único e intemporal que é Antoni Gaudi. Ontem o artista catalão completaria 160 anos e merece um destaque pela grandiosa obra que deixou (acabada ou não). Já aqui tinha feito uma homenagem ao artista (que como diria alguém é “Um grande Artista”) mas nunca é de mais relembrar a sua obra e todas as maravilhas que nos deixou.

LostFile_JPG_51870327

LostFile_JPG_7456839 LostFile_JPG_51919799 LostFile_JPG_51902943

Para mais estórias sobre Barcelona espreite aqui

Os meus parques favoritos

St. James Park, Londres

Um dos meus preferidos em Londres, apesar de não ser nem o maior nem o mais exuberante. Penso que o motivo pelo qual gosto tanto do St James Park é porque fica às portas do Buckingham Palace, a mais famosa residência real da Europa. Este jardim tem uma vista privilegiada da real varanda, do real “apartamento” e dos reais portões. É também um excelente local para passear, para relaxar, para namorar, para fazer um pic-nic, para entrar em contato com a natureza (tem, por todo o lado, uns esquilinhos amorosos que nos vêm comer à mão).

fa3b6-londres_139

cc784-lostfile_jpg_1182967

Hyde Park, Londres

Uma enorme vastidão de verde e natureza no meio de uma cidade altamente cosmopolita como Londres dá sempre nas vistas. O Hyde Park é para visitar com calma, não só pelas suas dimensões como também pela diversidade de surpresas que oferece aos seus visitantes. Podem ainda aproveitar para um passeio de barco no lago Serpentine localizado no centro no parque e que de inverno oferece uma excelente pista de patinagem (para os mais atrevidos, claro). A visitar ainda o Kensington Palace, moradia real aqui localizada e que ficou famosa por ser a casa da Princesa Diana.

a7d3e-lostfile_jpg_14198796b637-lostfile_jpg_1449999

Parc de la Ciutadella, Barcelona

Este é o maior parque localizado no centro de Barcelona. É tão grande que inclui o Zoo de Barcelona, o Parlamento da Catalunha, duas estufas (Hivernacle e Umbracle), dois museus (Zoologia e Geologia) e um lago. Já para não falar da Fonte da Cascata onde se vê claramente a imaginação fantasista de Gaudi (que colaborou na sua construção) com cavalos alados com caudas de serpente empinados sobre a cascata e querubins a brincar entre os jatos de água. É maravilhoso. Aqui teve lugar a Exposição Universal de 1888.

b40c2-lostfile_jpg_68260815

Parc de Montjuic, Barcelona

O maior e mais vasto parque de Barcelona, Montjuic merece uma vista atenta e demorada. A vastidão de locais, edifícios e museus a conhecer assim o obriga. A começar pelo pelos miradouros onde se pode desfrutar das mais bonitas vistas da cidade, passando pelas as espectaculares obras Olímpicas, como o Estádio Olímpico Luís Companys, a Anella e o Palau de Sant Jordi (em forma de nave espacial) e pela Fundação Miró. A visitar ainda o Palau Nacional, imponente monumento que alberga o Museu Nacional d’Art de Catalunya, a Fonte Mágica, cujas luzes à noite dão a ilusão de estarmos num outro universo, e o  El Poble Espanyol, um museu ao ar livre com replicas em miniatura de edifícios de diferentes locais de Espanha. Para terminar, e antes de virar costas a este magnifico parque, é fundamental subir no teleférico ao Castelo de Montejuic cujos relatos de horror (era um local de tortura para presos políticos) marcam a sua história mas cujas vistas e jardins merecem uma visita.

dc1b1-lostfile_jpg_52330551dc1b1-lostfile_jpg_52330551

Jardin des Tulleries, Paris

Este verdejante jardim estende-se ao lado do rio Sena, entre o Museu do Louvre e a Place de la Concorde, e são de uma elegância que só uma cidade como Paris podia exigir de um jardim. É um espaço digno da realeza mas que recebe sem qualquer pretensão qualquer visitante que por lá vá passear pelos seus caminhos ladeados por castanheiros e tílias. A descobrir com pompa e circunstância.

LostFile_JPG_5085735465cc-lostfile_jpg_5100543

Jardin du Luxembourg, Paris

Jardim que adorna e embeleza o Palais du Luxembourg e que tem como um dos pontos de destaque a Fonte de Médicis e os diversos terraços que rodeiam o lago hexagonal. Aqui pode também ser visitada a estátua da padroeira de Paris, Saint Geneviève. À semelhança do Jardin des Tulleries é um jardim formal mas de uma beleza única e com uma alma que nos deixa sem fôlego. É um excelente local para ir passear em família mas é ainda melhor para uma romântica tarde de domingo a dois.

6df5a-jardin_du_luxembourg89350-jardin_du_luxembourg12

Parque del Retiro, Madrid

É o local ideal para passar um domingo de sol, a molengar debaixo de uma árvore ou à beira do lago. O “pulmão da cidade” conta com diversos elemento arquitetónicos, do quais se destacam o Monumento a Afonso XII, curiosamente construído como memória à humilhante derrota da Espanha em Cuba, e o Palácio de Cristal, todo espelhado e rodeado de árvores,  uma aparição no verde e calma reinantes por todo o parque. Este jardim conta ainda com uma infinidade de estátuas que merecem uma atenção mais atenta como a da Fonte do Anjo Caído ou a da Fonte da Alcachofra, já para não falar do Passeios das estátuas ladeado com figuras que dedicadas aos réis de Espanha. Recomendo ainda uma passagem pelo Roseiral para admirar e cheirar as mais de 4000 rosas de 100 variedades diferentes. É uma explosão de cores e de aromas que invade os nossos sentidos sem dó nem piedade.

b6011-lostfile_jpg_22066887d4f30-lostfile_jpg_22125935