Top 14 para ver e fazer em Veneza

Top 14 Veneza.png

As minhas favoritas, as que mais me marcaram, as que achei mais carismáticas. Veneza é única e única será sempre a experiência de visita a esta cidade.

1. Grande Canal

Ao chegar a Veneza acabada de sair da estação de comboios o primeiro impacto com esta “avenida” deixa-nos esmagados. É absolutamente irreal a terra terminar logo ali e só termos água por onde nos deslocarmos. Por este motivo o melhor meio de transporte para conhecer o Grande Canal é, sem dúvida, de vaporetto. Procurem o que faz todo o percurso, de um extremo ao outro, e deixem-se levar de cabelo ao vento. Para mim, o Grande Canal é a avenida mais sumptuosa do mundo. Está ladeada por grandiosos Palazzos, outrora pertencentes a grandes famílias venezianas, que nos deixam antever um pouco da grandiosidade e riqueza que Veneza já conheceu durante a sua história.

veneza-grand-canal

veneza-grand-canal1

2. Passeio de Gôndola

Esses “barquinhos” que estão por todo o lado e onde os turistas tanto querem passear são conduzidos pelo “romântico” gondoleiro, trajado quase sempre a rigor. Apesar da sua forma estranha, na verdade as gôndolas são perfeitamente adaptadas para circular pelos canais de Veneza, até mesmo pelos mais estreitos. Fazem parte da história da cidade desde o século XI e nessa época eram tão ostentosamente decoradas que, mais tarde,  no século XVI foi tornada obrigatória a cor negra. Os passeios são caros mas valem a pena, mais não seja pela experiência.

veneza-gondolaveneza-gondola1

3. Os Palazzos

Um Palazzo, dois Palazzos, três Palazzos…é um nunca mais acabar de Palazzos espalhados por toda a Veneza e que testemunham a riqueza e o poder que esta cidade já desfrutou. Ao percorrer o Grande Canal é possível ficar a conhecer alguns dos mais imponentes como o Palazzo Sagredo, o Palazzo Grassi, o Palazzo Capello Malipiero, o Palazzo Gritti-Pisani, a Ca d’Oro (cuja fachada é de tal forma requintada e ornamentada que é impossível não imaginar o luxo que já desfilou entre aquelas 4 paredes), entre tantos outros.

veneza-pallazoveneza-pallazo1

 4. Piazza San Marco

Uma das primeiras a encher em caso de cheias (quase testemunhámos uma), esta praça é o coração de Veneza. Aqui podemos visitar os mais importantes monumentos da cidade –  a Basílica de San Marcos, o Campanille, o Palazzo Ducale e a Torre dell’Orologio. Esta praça é ainda caracterizada pelos luxuosos cafés com música ao vivo. E quando falo de música ao vivo falo de orquestras e tenores que todos os dias ali se encontram com as sua vozes dignas das melhores operas e orquestras do mundo. Apesar de louco e de ter a mania das grandezas, Napoleão fez uma descrição desta praça que acho verdadeiramente inspirada, descreveu a Piazza San Marco como “a mais elegante sala de recepções da Europa.” Concordo!

Veneza Piazza San Marco.jpg

5.Basílica di San Marco

Para mim um dos mais grandiosos e deslumbrantes monumentos que alguma vez vi. De inspiração claramente oriental, a Basílica tem detalhes de verdadeiro esplendor e opulência: os Cavalos de San Marcos, os mosaicos da fachada, a estátua de S. Marcos e os Anjos no topo do arco Central, o mosaico do pavimento no interior, os mosaicos no interior da Cúpula da Ascenção, os arcos da entrada, e muito mais. Toda ela é verdadeiramente espetacular e deixa-nos completamente esmagados pela sua beleza e riqueza.

veneza-basilica-di-san-marco

6.Palazzo Ducale

Mais acima já falei da quantidade infindável de palácios existentes em Veneza. No entanto, o Palazzo Ducale merece um destaque especial, mais não seja porque foi a residência oficial dos governantes venezianos (doges). É uma obra-prima gótica feita de mármore rosa!! Também aqui podem ser encontrados alguns apontamentos deliciosos que recomendo um olhar mais atento, nomeadamente a escultura que simboliza a Embriagues de Noé (está numa das esquinas do edifício, junto à Ponte della Paglia), a Escadaria dos Gigantes, com estátuas de Marte e Neptuno que simbolizam o poder de Veneza, e a Câmara de Torturas onde tinham lugar os interrogatórios dos prisioneiros.

Veneza Palazzo Ducale.jpg

7.Torre dell’Orologio

O que mais me encantou nesta Torre foi a decoração do mostrador do relógio, em azul e dourado, onde estão representados os signos do Zodíaco e as fases da lua. O relógio parece estar certo e bate as horas pontualmente, tarefa levada a cabo por duas figuras de bronze que batem as horas no sino (coitados, ninguém merece).

8ee92-torrerelogio1

8.Campanille

Apesar de a Torre dell’Orologio despertar a atenção de quem por ali passa, quem rouba todo o protagonismo nas alturas é claramente o Campanille. Primeiro porque parece que está torto (lamento mas a mim parece-me e ninguém me convence do contrário), depois porque dizem que lá de cima, para além de se avistar toda a Veneza, num dia bom também é possível avistar os Alpes.

Veneza Campanille12.jpg

9. A Ponte dos Suspiros

Para mim a única desilusão de Veneza. Não sei se foi por estar toda decorada com publicidade, se foi aquele azul todo à volta que me encadeou. Não consegui o nada de especial mas não deixa de ser um ponto de interesse, talvez pela história negra que encerra – era ponto de passagem para os prisioneiros que iam para o tribunal e daí o nome que tem até hoje.

Veneza A Ponte dos Suspiros.jpg

10. Santa Maria della Salute

Esta majestosa igreja barroca é sustentada por mais de 1 milhão de pilares de madeira e foi construída para agradecer a salvação da cidade da peste. Dois argumentos de peso que obrigam a uma visita. É imponente e majestosa e está ali, na sua margem, quieta  e pensativa, a observar a agitação que por ela passa através do Grande Canal.

Veneza Santa Maria della Salute.jpg

11. Galleria della Academia

Atualmente um dos museus mais importantes de Veneza, antes a Scuolla della Caritá, a Accademia inclui a maior coleção de pintura veneziana do mundo.

veneza-galleria-della-academia

12. Ponte de Rialto

Para mim o melhor spot para “sentir” Veneza. A vista é maravilhosa e é muito interessante observar o movimento de barcos para cima e para baixo (juro que não sei como não batem uns nos outros, pelas razias que fazem) e é o melhor ponto para uma fotografia para o Facebook.

075d3-ponterialto
73f48-ponterialto1

13. O Mercado do Rialto

aqui falei deste mercado mas, e correndo o risco de me repetir, vale a pena passar por aqui, ver as cores, as texturas, os cheiros, o artesanato, a vida e as gentes locais.

4d725-mercadorialto

14. As ruas

Andar pelas ruas estreitas que vão dar a praças amplas e luminosas, perdermo-nos por esta e por aquela rua, vaguear por ruazinhas tão estreitas que conseguimos tocar, de braços abertos, nas paredes das casas de ambos os lados da rua. Descobrir milhares de pontes, recantos e recalcos, sentir o ambiente da cidade, comer nas pequenas pizzarias localizadas nas praças, beber um cappucino ou comer um gelatto. Tudo é possível por estas ruazinhas cheias de personalidade e de carácter.

c2dd6-ruas1b65af-ruas

2 pensamentos sobre “Top 14 para ver e fazer em Veneza

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s