Obras-primas a não perder em Florença

obras-primas a não perder em Florença

Florença é a cidade italiana da exuberância e da riqueza arquitetónica. Por todo o lado, encontram-se palácios, casas senhoriais, galerias de arte e as mais diversas obras-primas. É daqueles locais onde devemos estar atentos a tudo, absorver tudo e voltar lá para ver mais uma e outra vez. Mesmo assim arrisquei e aqui deixo algumas das obras-primas que mais me impressionaram. Vamos descobrir as obras-primas que não deve perder em Florença?

Admirar o Duomo e o Batistério

A primeira impressão é de total arrebatamento, não só pela sua dimensão e grandiosidade, mas pelas cores vivas dos mármores verdes e rosas. Depois avistei o Campanile e a Cúpula e sabia que estava perante uma das mais grandiosas obras da humanidade.

Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença

Depois de ter sido ‘esmagada’ pelo Duomo julgava que nada mais o poderia suplantar. Claro que estava enganada… O Batistério tem, em proporção, uma riqueza única. O seu interior é ricamente decorado com coloridos mosaicos retratando o juízo final, as portas são sublimes. São conhecidas como as Portas do Paraíso e são constituídas por dez painéis que retratam 10 cenas bíblicas, representados em relevo. É um local de reunião de turistas, mas vale a pena a espera e algumas cotoveladas para poder observar bem de perto.

Obras-primas a não perder em Florença
Florença
Obras-primas a não perder em Florença

Tirar A foto de Florença na Piazzale Michelangelo

Quer ficar com o postal perfeito desta viagem? É só subir à praça Miguel Ângelo e tirar tantas fotos quantas as que conseguir. A vista é esmagadora e a cidade estende-se aos nossos pés, gloriosa.

Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença

Cruzar a Ponte Vecchio e admirar as inúmeras joalharias

E procurar o famoso corredor usado pela família Medici para se deslocar entre as suas residências, nos dois lados do rio, sem se misturar com o povo…E claro admirar o Rio Arno, em especial ao por do sol. É lindo.

Ponte Vecchio
Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença

Visitar a famosa Vénus no Uffizi

O Uffizi é um dos mais importantes museus de Itália e a casa de algumas das mais emblemáticas pinturas renascentistas italianas. O museu guarda ainda muitas outras obras, onde se destaca o quadro “Nascimento de Vénus” de Botticelli, um quadro de rara beleza que merece especial atenção nesta visita.

Uffizi Florença
Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença

Admirar a estátuas na Piazza della Signoria e visitar o Palazzo Vecchio

A praça tem algumas das mais icónicas estátuas de Florença, como a famosa cópia de David, de Miguel Ângelo, a Fonte de Neptuno com o Deus do mar rodeado pelas suas ninfas, ou Perseu segurando a cabeça decapitada da Medusa. E já que aqui está recomendo uma visita ao Palazzo Vecchio, a Câmara Municipal de Florença e o mais imponente edifício desta praça.

Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença

Fazer festas no Porcellino

Esta famosa estátua de um javali encontra-se no mercado novo onde podemos também comprar diversas peças de pele, artesanato e roupa. Diz que esfregar o focinho do porco dá sorte pelo que não deixe de o fazer, mesmo que não seja supersticioso…mal também não faz, certo?

Mercado Florença

Passear nos jardins do Palazzo Pitti

O Palácio alberga inúmeras coleções, desde obras de arte até peças decorativas, mas são os seus jardins que mais saudades nos deixam. Os Jardins Boboli são um excelente local para descansar e admirar a paisagem. Pequenos bosques selvagens, inúmeras estátuas e a fonte de Belvedere justificam a sua visita.

Palazzo Pitti
Obras-primas a não perder em Florença
Obras-primas a não perder em Florença

Visitar a Galleria dell’Accademia

A Galeria exibe muito mais obras interessantes para além do David de Miguel Ângelo, mas uma vez lá dentro nem nos vamos lembrar deste facto. Podemos encontrar obras de famosos artistas florentinos, mas definitivamente esta é a sua principal atração. Como não? Uma estátua de mais de 5 m de um homem nu, glorioso, de corpo perfeito e expressão serena não deixa ninguém indiferente. Duas notas que podem desmotivar uma visita: a estátua é apenas uma cópia do original e não deixam tirar uma foto.

david michel angelo

Visitar Miguel Ângelo, Galileu e Maquiavel na Igreja de Santa Croce

Este é apenas um dos muitos motivos que justificam a nossa visita a esta igreja. O seu interior está ornamentado com inúmeros frescos de Giotto e o seu jardim é um bom local para descansar um pouco e aproveitar a calma do local.

Obras-primas a não perder em Florença

Leave a Reply