À descoberta das mais bonitas estações de metro do mundo

Moscovo

Além de ser um dos maiores e mais antigos metropolitanos do mundo, o metro de Moscovo é uma atração turística. É, sem dúvida, um palácio subterrâneo sumptuosamente decorado, com algumas das mais bonitas estações, projetadas por conceituados arquitetos da União Soviética. As estações são monumentos socialistas com candelabros, colunas de mármores, esculturas fantásticas, vitrais, mosaicos, murais, obras de arte douradas e os mais marcantes elementos arquitetónicos.

As primeiras estações abriram em 1938 com o objetivo de exibir o sucesso do regime soviético. Por este motivo, é visível em muitas delas a estrela, entre outros elementos comunistas. Visitar as estações de metro em Moscovo é uma viagem ao passado onde parece que o tempo parou e que continuamos na época da Guerra Fria, Pre-Perestroika, com martelos, foices, estrelas e imagens com cenas operárias e rurais.

Entre as estações favoritas estão:

Komsomolskaya, um enorme salão com o teto coberto com mosaicos representando heróis militares e com inúmeras referências à memória comunista. Komsomolskaya é também, talvez, a estação mais luxuosa de Moscovo. A entrada está localizada na fachada de um imponente edifício com de colunas coríntias. Ao nível da plataforma, o enorme salão é coberto por um teto barroco, amarelo, decorado com oito mosaicos narrar a luta Russa pela liberdade e independência e com inúmeros lustres de grandes dimensões. A plataforma é forrada com 68 colunas de mármore. Inclui ainda um busto de Lenine, um mosaico de Lenine a liderar um comício junto ao Kremlin e um salão abobadado com uma estrela maciça em mosaicos vermelhos.

moscovo (18).jpg
Moscovo_KomsomolskayaIMG_6618.JPG

Novokuznetskaya foi construída durante a II Guerra Mundial como celebração do poder militar russo, incluindo baixos-relevos militares em homenagem aos combatentes soviéticos. A estação tem uma extensa ornamentação que inclui, para além destes baixos-relevos, sete mosaicos de teto em formato octogonal. Os bancos de mármore ornamentado que revestem a plataforma foram retirados da Catedral de Cristo O Salvador antes desta ser demolida.

IMG_6658.JPG
Moscovo_Novokuznetskaya2

Novoslobodskaya abriu em 1952 e é mais conhecida pelos seus 32 painéis de vidro retro iluminado cujo efeito é sem duvida avassalador, sobretudo se nos lembrarmos que estamos numa estação de metro. Cada painel, cercado por uma elaborada moldura de bronze. Ainda na plataforma é possível encontrar um colorido mosaico intitulado “paz em todo o mundo.” Os painéis de vitral, mosaico, a guarnição de bronze, e os elegantes lustres cónicos foram todos cuidadosamente limpos e restaurado em 2003.

Moscovo_NovoslobodskayaMoscovo_Novoslobodskaya1

Mayakovskaya é considerada uma das mais bonitas e mais  famosas estações de metro do mundo. Um exemplo de Art Deco 33 metros abaixo do nível da rua. A plataforma da estação encontra-se sob tetos abobadados apoiados por dois conjuntos de colunas rosa brilhante e piso de mármore branco. O teto inclui ainda 34 painéis de mosaicos que representam “24 horas na Terra dos Sovietes”. Durante a Batalha de Moscovo foi usada como um abrigo antiaéreo, a 7 de novembro de 1941, assinalando o aniversário da Revolução de Outubro, Estaline fez o seu discurso no salão central da estação e durante a Segunda Guerra Mundial, Estaline fez deste lugar a sua residência.

Moscovo_Mayakovskaya1

Kievskaya apresenta colunas quadradas com baixos de mármore branco e encimadas por grandes painéis de mosaicos que celebram a unidade russo-ucraniana. No final da plataforma existem um retrato de Vladimir Lenine.

moscovo (104).jpg
Moscovo_Kievskaya2Moscovo_Kievskaya3

Ploshchad Revolyutsii era a estação favorita de Estaline, destaca-se pelos seus arcos de mármore vermelho com 76 nichos onde estão abrigadas estátuas de bronze de cidadão soviéticos, incluindo soldados, agricultores, atletas, escritores, aviadores, trabalhadores industriais e escolares, e grelhas de ventilação decorativas. Os estudantes russos costumam esfregar os narizes dos cães de guarda antes dos exames, para dar sorte.

Moscovo_Ploshchad RevolyutsiiIMG_6456.JPG

Outras obras de arte do metro de Moscovo:

Smolenskaya

Moscovo_Smoleskaya.jpg

Paveletskaya

Moscovo_Paveletskaya.jpg

Park Pobedy

Moscovo_ParkPobedy

Kropotkinskaya

Moscovo_Kropotkinskaya.jpg

Outras curiosidades:

– Vozes masculinas anunciam as estações na direção do centro da cidade e femininas na direção oposta, motivo pelo qual os moscovitas dizem que as masculinas são os “patrões” a mandá-los para o trabalho, e as femininas são as mulheres a chamá-los para casa!

– As estações de metro de Moscovo são das mais fundas do mundo (uma descida em escada rolante pode demorar até 3 minutos), motivo pelo qual foram usadas como abrigo durante a II Guerra Mundial.

– As primeiras estações foram inauguradas em 1935, construídas por trabalhadores e voluntários patrióticos, que escavaram arduamente os túneis, usando apenas pás e picaretas.

 Algumas dicas: A orientação lá em baixo não é muito fácil uma vez que está tudo escrito em cirílico, mas com um mapa como o que aqui deixo, com as estações em cirílico, é possível circular sem grandes problemas.

 

 

26616525805_f76b508002_o.jpg

Deixar uma resposta