Estórias Europa

5 Experiências únicas que só pode ter a Europa

5 Experiências únicas que só pode ter a Europa
Experiências únicas na Europa

Vamos descobrir experiências únicas que só se pode ter na Europa?

1.Percorrer o Muro de Berlim

Ainda parece incrível que durante décadas um muro de cimento armado tenha cortado literalmente em duas, uma das mais importantes cidades da Europa. A cidade ficou dividida geograficamente por quase 30 anos e o muro, que separou famílias ao tentar dividir ideologias, é um dos maiores símbolos da Guerra Fria. Marcas do Muro de Berlim estão por toda a cidade. Com 155 metros de comprimento e 3,60 m de altura, o muro dividiu a cidade de 1961 a 1989. Durante a sua existência mais de cinco mil pessoas fugiram, mais de três mil foram apanhadas e 152 morreram.

Os pontos mais emblemáticos são a East Side Gallery, a Bernauer Straße, símbolo da divisão, e o Check Point Charlie, a mais famosa fronteira de Berlim.

Berlim Experiências únicas na Europa

2.Visitar algumas das mais famosas obras de Arte no Hermitage

Nas margens do Rio Neva ergue-se aquele que é um dos maiores, mais importantes, mais imponentes museus mundiais, com uma das maiores coleções de artes. Construído ao longo dos séculos por diferentes czares. A coleção de grandes obras de arte de nomes são os seus principais pontes de interesse. O museu inclui, entre outras, obras de Claude Monet, Cézanne, Gauguin, Renoir e van Gogh, Leonardo da Vinci, Miguel Ângelo, obras de Rubens e Raphael. Entre as obras principais destacam-se a Madonna Litta (da Vinci), a Dança (Matisse), As três mulheres (Picasso), No Jardim (Renoir), Mulher segurando Fruta (Gauguin), entre outras.

Hermitage
Experiências únicas na Europa

3.A Sagrada Família em Barcelona

O mais famoso monumento inacabado do mundo, a Sagrada Família. Retrata a persistência do homem e é um dos mais poderosos e reconhecidos símbolos de Barcelona. Uma das obras mais emblemáticas de Gaudí, esta magnífica igreja nasceu, como muitas das suas obras, da sua imaginação única e absolutamente genial. A primeira pedra foi lançada em 1882 e desde então que a obra decorre. A sua conclusão está prevista apenas para 2030.

Barcelona by Gaudi

4.Fazer amigos em Temple Bar

Não existem muitos lugares da Europa onde a animação começa pelas 10h da manhã e dura até de manhã. Temple Bar é uma daquelas zonas que todos queremos conhecer e onde sabemos nos vamos perder. É aqui que a vida social da cidade acontece e que toda a gente se conhece, convive e partilha. É difícil ficar indiferente ao espírito que aqui se vive, regado a pints de cerveja e a boa musica irlandesa.

Temple Bar Dublin

5.Sentir-se pequeno (muito pequeno) em Budapeste

Budapeste foi uma das mais grandiosas e impressionantes cidades europeias. A grandiosidade dos seus monumentos e arquitetura, as vistas largas, as pontes amplas… Quase tudo por aqui nos faz sentir pequenos e esmagados pelas dimensões. A começar pelo Parlamento, um dos maiores e mais belos do mundo. Quando foi inaugurado em 1920, depois de 20 anos de construção, era o maior do mundo. Tem mais de 690 quartos e alberga as joias da coroa. E passando pela Basílica Santo Estêvão, a maior igreja da cidade. A sua cúpula de 96 m é da mesma altura que a do Parlamento.

Budapeste

Boas sugestões para quem procura experiências únicas e inesquecíveis. Embarcamos numa viagem por alguns dos mais interessantes destinos culturais da Europa.

Leave a Reply

%d bloggers like this: