As mais bonitas pontes de São Petersburgo

São Petersburgo é banhada pelo Rio Neva, uma extensão de 74 km, desde o Lago Ladoga até ao Golfo da Finlândia e por um conjunto de canais que se estendem por toda a cidade. Estes canais foram inspirados em Amesterdão e concebidos por Pedro O Grande para facilitar a drenagem dos terrenos pantanosos da cidade. De inverno, são caminhos congelados que cobrem toda a cidade, e de verão são magníficos espelhos refletores de grandiosos palácios e pontes. Pontes essas que estão por todo o lado e são definitivamente uma das principais atrações da cidade. Ligam a rede de canais do Delta do Rio Neva e que foram, na sua maioria, construídas por alguns dos maiores nomes da arquitetura e engenharia russa. São verdadeiras obras de arte e fazem parte da rica cultura de São Peterburgo.

Canais.jpg

Vamos partir à descoberta de algumas das mais belas pontes, entre a mais de 340 espalhadas por toda a cidade.

Ponte da Trindade (Troitsky Most)

Abriu em 1903 no âmbito das celebrações do 200º aniversário de São Petersburgo. É uma das mais importantes, a segunda mais longa da cidade e a terceira ponte permanente do Rio Neva, cruzando da margem esquerda, junto aos Campos de Março, até à Fortaleza de Pedro e Paulo, na margem oposta. Tem 582m de extensão, acompanhados por 10 arcos, 9 vãos (3 de pedra, 5 de aço e um basculante), belos candeeiros de estilo moderno, ornamentos em Art Nouveau, grades de ferro fundido, obeliscos de granito cobertos com duas cabeças de águias imperiais.

SP_PonteTrinity1SP_PonteTrinity2

Ponte Dvortsovy (Dvortsovy Most)

Esta Ponte, também conhecida como Ponte do Palácio, pela sua localização junto ao Palácio de Inverno, é talvez a mais famosa da cidade, ligando o Museu do Hermitage e a ilha de Vasilevskiy Ostrov. A ponte tem uma estrutura relativamente simples, talvez para contrastar com a beleza dos palácios e monumentos envolventes, que compreende cinco vãos de ferro fundido que descansam no cais. Altura da ponte foi limitada, de modo a não obstruir a visão dos monumentos ao redor. O vão central divide-se em duas alas, que são levantadas através de um ângulo de mais de 45 ° para permitir a passagem de navios no rio Neva. Atualmente suporta mais de 30.000 carros por dia e por ali passam alguns dos maiores engarrafamentos de São Petersburgo. No entanto, a vista da ponte – do Palácio de Inverno, da Fortaleza de Pedro e Paulo, dos edifícios palacianos ao longo das duas margens do Neva – é das mais impressionantes na cidade.

SP_PontePalcio.jpg

Ponte Anichkov

A Ponte Anichkov tem uma das imagens mais marcantes da cidade, quatro imponentes estátuas de homens a tentar dominar cavalos selvagens. O seu simbolismo representa o Homem a tentar dominar as forças da Mãe Natureza e tem uma curiosa particularidade que a muitos escapa…vista na direção oposta ao sentido do relógio dá ideia de que os cavalos selvagens se deixam domesticar. Conhecidas como os Domadores Cavalos, as 4 estátuas foram removidas da ponte durante de o cerco de Leningrado e enterradas nos terrenos do Palácio Anichkov. As estátuas foram restauradas ao seu lugar a 1 de Maio de 1945, uma semana depois de a vitória ter sido declarada. Está localizada na principal Avenida da cidade, Nevsky Prospekt, e está ladeada dos mais espantosos palácios, que lhe dão uma moldura única e inesquecível.

SP_PonteAnichkov.jpg

Ponte do Banco

Esta será sem dúvida uma das mais fotografadas pontes da cidade e talvez uma das mais belas. É famosa pelos seus 4 grifos dourados, sentados em eterna contemplação das águas abaixo. Ponte pedestre com apenas 1,85m de largura é a mais estreita da cidade. O seu nome vem de um dos primeiros Bancos públicos da Rússia, localizado perto da Ponte. Está localizada junto no Griboedov, junto à Nevsky Prospekt e à Catedral de Nossa Sra. do Kazan.

SP_PonteBank.pngSP_PonteBank1

Ponte dos Leões

À semelhança da Ponte do Banco é coroada por 4 imponente estátuas, neste caso 2 pares de orgulhosos leões dourados, que guardam passagem sob o canal. É uma pequena ponte pedestre suspensa e um spot romântico na cidade.

SP_PonteLeoes

Ponte Egípcia

Mais afastada do centro encontramos mais uma ponte onde imponentes estátuas são as protagonistas, neste caso duas serenas esfinges. A ponte original desabou após a passagem de um esquadrão de cavalaria mas as esfinges foram salvas das águas do rio e voltaram ao seu pouso de direito, após da reconstrução da ponte.

SP_PonteEgipcia

Deixar uma resposta