Mercados da Tailândia, trocar mercadorias à moda antiga

Eu ADORO mercados! Não há nada a fazer. Adoro a atmosfera vibrante e caminhar entre as diferentes bancas e admirar os produtos, provar as delícias locais. É uma forma mais genuína de  ficar a conhecer a cultura e tradições do destino que estou a visitar. São irresistíveis. Perdia-me horas às voltas, a ver tudo, a negociar/regatear os melhores preços ou à procura daquele produto especial.

Dito isto, a Tailândia é claramente a paragem ideal para eu me perder. É um país rico em mercados de todas as espécies, diurnos, noturnos, flutuantes, de flores, de comida, de tudo! Infelizmente, a grande maioria destes mercados só existe, hoje em dia, para turista ver. No entanto, procuram retratar, de forma mais ou menos fiel, as tradições rurais de troca de produtos na Tailândia.

Vamos partir à descoberta dos cheiros, cores e texturas de alguns dos mercados que visitem na Tailândia, uma pequena amostra face à oferta existente. Para quem quiser descobrir mais é seguir este caminho.

Em Bangkok…

Mercado flutuante de Damnoen Saduak, localizado a 104 km a sudoeste de Bangkok, é um mercado que mostra aquilo que era a tradição comercial da zona, onde as trocas de produtos se faziam no meio dos canais e entre barcos. A entrada no mercado pode ser feita nos típicos barcos de madeira, serpenteando pelo canal, por meio de uma vegetação luxuriante e cruzando-nos com casas que, aqui e ali, nasceram à sua volta. Claro que atualmente muito poucos tailandeses fazem compras neste mercado, mesmo os locais, uma vez que, por todo o lado, nasceram mercearias e supermercados onde é possível adquirir produtos, mas não deixa de ser uma memória engraçada e uma visita que recomendo.

mercado-damnoen-saduak

Damnoen Saduak.jpg

Damnoen Saduak2.jpg

Já o Mercado do Comboio de Maeklong é outra história. Este é um mercado tradicional tailandês e que ainda funciona quase exclusivamente para locais, apesar da presença regular de turistas que por ali circula para ver a sua principal atração…o mercado a ser percorrido pelo comboio.  Só mesmo por estes lados podia nascer um mercado nos carris (em cima das linhas e à sua volta) de uma estação de comboios. A coisa parece complicada, mas nem por isso. No local nos apercebemos como tudo está bem coreografado e afinado ao ínfimo segundo. Após a sirene da estação a anunciar que o comboio vai partir dali a 2 minutos, os vendedores começam a mover os seus produtos para deixar livre o caminho para a passagem do comboio. No entanto, apenas quando este já está em andamento é que recolhem as lonas que servem de abrigo aos produtos. Tudo feito de uma forma extremamente rápida e eficiente. Após a sua passagem, os vendedores voltam a empurrar as barracas e toldos e retomam os seus negócios como se nada tivesse acontecido. O comboio passa várias vezes ao dia, mas os horários podem variar em função do ponto de partida. Este é um mercado enorme, essencialmente de produtos frescos, apesar de também poderem ser encontradas roupas ou acessórios.

Maeklong Market.jpg

maeklong-market1

Maeklong.jpgOs Mercados de Chinatown em Bangkok são outra experiência que recomendo. O meu favorito foi o Mercado de Pak Klong. Aqui vendem-se, essencialmente flores e os mais elaborados e coloridos arranjos florais que os tailandeses oferecem, em homenagem, nos templos espalhados pela cidade. Por este motivo é um mercado cheio de cores e texturas. Por aqui também podemos encontrar alguns produtos frescos tradicionais, sobretudo frutas e legumes. Um aspeto que achei curioso é que está aberto 24 horas por dia!

mercado-pak-klong1mercado-pak-klong

O outro mercado de Chinatown que merece uma visita é o da rua Sampeng. Este mercado estende-se pela rua pedonal, que na verdade é quase um túnel, estreito e escuro onde o comércio se faz dos dois lados, em pequenos espaços onde parece que cabe tudo. Este mercado é de tal maneira apertado que cabe apenas uma pessoa em cada direção e mesmo assim mal, pelo que temos que seguir em fila e quando alguém para para ver algum produto é todo um engarrafamento que se gera :). No entanto isso não impede os milhares de visitantes que por ali passam a toda a hora, desde locais a turistas. Pode também acontecer terem que se desviar de uma ou outra scooter…é normal. 

sampengsampeng1

Chiang Mai

O Bazar Noturno de Chiang Mai (Rua Chang Khlan) fica a cerca de 30 minutos a pé (e a 10′ de tuk-tuk) do centro da cidade e percorre ambos os lados da rua, estendendo-se a alguns edifícios nas ruas adjacentes. Aqui podemos encontrar de tudo, desde comida, a roupa, artesanato, souvenirs, etc. É impossível resistir ao caos que se espalha pelas ruas, às cores, aos cheiros e à alegria e animação que reina por estes lados. Foi dos meus locais favoritos em Chiang Mai e fomos lá quase todas as noites. 

night-bazar-chiang-mainight-bazar-chiang-maiq

O Mercado de Domingo em Chiang Mai que decorre na Rua Rachadamnoen é a confusão total, o que acaba por ser bastante divertido. As ruas estão cheias dos dois lados e ao centro de bancas, o que dificulta em muito a circulação das pessoas. Por aqui é possível encontrar todo o tipo de produtos, assim como comida local feita na hora e cujo aroma inunda as ruas. Mais uma vez é um local de grande animação onde nos divertimos a contemplar as bancas de produtos e onde se podem encontrar algumas surpresas. É só ir atento. 

Sunday Market Chiang Mai.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s