O que ver em Sevilha?

Sevilha é uma daquelas localidades espanholas que nos prende na primeira visita. Talvez porque tenha sabido manter o seu ar histórico, talvez pelo sol e pelas cores com que nos recebe, talvez pela simpatia das gentes. O que ver em Sevilha?

Amo Sevilha e já lá fui várias vezes, descobrindo sempre coisas novas… Seja um novo recanto da cidade por onde ainda não tinha passado, um novo percurso até à Giralda ou uma nova tasca de tapas, onde se come boa comida tradicional sem ser “roubado” por ser turista.

Sevilha é a cidade ideal para uma escapadela.

Plaza de Toros de la Maestranza

A Plaza de Toros de la Maestranza é a catedral espanhola do Toureio, um impressionante edifício que não podem deixar de visitar. Foi construída originalmente em madeira e é uma das mais antigas de Espanha e a primeira de forma circular.

O que ver em Sevilha
O que ver em Sevilha

Torre do Ouro

Em frente à praça encontra a Torre do Ouro, com uma vista impressionante do Rio Guadalquivir. Tem 36 metros de altura e uma construção sólida, de origem árabe, pensada para proteger a cidade das invasões através do Rio.

O que ver em Sevilha

Plaza de España

Um dos meus espaços preferidos na cidade é a Plaza de España, pela sua imponência e por ser um dos melhores exemplos da arquitetura local. Foi construída para a Exposição Iberoamericana que teve lugar em Sevilha em 1929 e tem cerca de 50 000 m² e 200 metros de diâmetro (bem impressionante). Representa um pouco de todas as províncias através dos desenhos pintados nos azulejos que decoram o espaço.

O que ver em Sevilha
O que ver em Sevilha

Bairro de Santa Cruz

O que ver em Sevilha

Como é bom perder-me pelas ruas estreitas e sinuosas do Bairro de Santa Cruz. Cada rua e ruela, cada praça ou pátio estão repletos de histórias de outros tempos. Muitas das praças, como a Plaza de los Venerables, estão repletas de esplanadas e bares onde podemos provar algumas iguarias locais como Paella ou Gaspacho, dois dos mais típicos pratos de Sevilha.

O que ver em Sevilha

Impossível deixar de visitar Catedral de Sevilha e Alcázar. Ambos os edifícios são imponentes e destacam-se no coração histórico da cidade. Datam do século XIII, período da Reconquista, são até hoje a memória viva da presença árabe e cristã no território.

Catedral de Sevilha

A catedral é a maior de Espanha e o terceiro maior templo do mundo, declarado Património da Humanidade pela UNESCO em 1987. Pela sua importância aqui estão sepultados grandes nomes da história espanhola como Cristóvão Colombo, Fernando III de Leão e Castela, Afonso X de Leão e Castela e Pedro I de Castela.

Durante a Semana Santa a catedral é a estação fulcral de penitência de todas as Confrarias e Irmandades. Todas entram na catedral e é nas suas portas que a maioria dos sevilhanos e visitantes se concentram para ver passar e prestar homenagem às impressionantes procissões que duram um dia inteiro a percorrer a cidade.

A catedral é coroada pela famosa Giralda, um antigo minarete que foi convertido em campanário. É uma obra de arte da arquitetura árabe e com mais de 104 metros de altura tem a melhor vista da cidade, apesar de a subida não ser para todos.

O que ver em Sevilha
O que ver em Sevilha
O que ver em Sevilha
O que ver em Sevilha
O que ver em Sevilha

Parque Maria Luísa

Para descansar de um fim de semana intenso, recomendo um passeio tranquilo pelo Parque Maria Luísa, percorrendo as suas avenidas verdejantes, visitando as fontes e estátuas e, quem sabe, fazer um lanche nos seus relvados.

Como ir e onde ficar:

Sevilha é um daqueles destinos que se pode fazer de carro partindo de Lisboa (são cerca de 4h/4h30 de caminho). No entanto, a capital da Andaluzia também é acessível de avião.

Relativamente a hotéis, existem inúmeras hipóteses espalhadas pelo centro, mas o meu preferido é Tryp Macarena, localizado no bairro sevilhano com o mesmo nome. Fica um pouco mais afastado do centro (cerca 10′ a pé), mas a relação qualidade-preço é excelente e tem uma vista excecional do seu rooftop.

O que ver em Sevilha

Leave a Reply