Hanoi, riqueza histórica

Hanói é uma cidade entre a tradição e a modernidade, uma das mais antigas capitais do mundo, fundada em 1010 AC. Localizada nas margens do Rio Vermelho, nasceu e cresceu à volta de uma cidadela, cercada de diferentes guildas comerciais que serviam a corte. Esta zona é o atual “centro histórico”, onde agora bate oContinue reading “Hanoi, riqueza histórica”

Porque adoro a Tailândia em 36 fotos

Foi uma das viagens da minha vida. Nem sei como consegui voltar tantas foram as experiências que vivi na terra dos sorrisos. Sempre ouvi falar que a Tailândia nos marca e, na verdade, é mesmo assim. Aqui deixo um apanhado do porquê ter ficado apaixonada por este país. Os Templos Os Mercados A Comida OsContinue reading “Porque adoro a Tailândia em 36 fotos”

13 deliciosos pratos Tailandeses

Quando comecei a fazer esta lista era minha intenção selecionar os cinco melhores pratos tailandeses para poder distinguir aqueles que verdadeiramente me impressionaram. No entanto, assim que cheguei ao segundo percebi logo que não ia conseguir. A comida tailandesa tem esta dificuldade, é deliciosa e de cada vez que me lembrava de um, vinha-me àContinue reading “13 deliciosos pratos Tailandeses”

Mercados da Tailândia, trocar mercadorias à moda antiga

ADORO mercados! Não há nada a fazer. Adoro a atmosfera vibrante e caminhar entre as diferentes bancas e admirar os produtos, provar as delícias locais. É a forma mais genuína de  ficar a conhecer a cultura e tradições de um destino. São irresistíveis. Perdia-me horas às voltas, a ver tudo, a negociar/regatear os melhores preçosContinue reading “Mercados da Tailândia, trocar mercadorias à moda antiga”

Quantas pessoas “cabem” em Angkor Wat?

Quantas pessoas “cabem” em Angkor Wat? Angkor Wat está a seguir as pegadas de Macchu Picchu e de Cinque Terre no que respeita à proteção do espaço. Ou seja, aumentou significativamente o preço dos bilhetes de acesso ao complexo. Os preços dos passes diários são $37, os de três dias são $62 e o passe deContinue reading “Quantas pessoas “cabem” em Angkor Wat?”

O enigmático templo branco de Chiang Rai

Wat Rong Khum, ou o Templo Branco como é conhecido, é um templo único na Tailândia. Apesar da beleza de muitos dos seus templos, nenhum se compara a Rong Khum, pela sua beleza e estética. É um templo relativamente moderno, data de 1997 e está localizado em Chiang Rai. Foi construído por um artista localContinue reading “O enigmático templo branco de Chiang Rai”

Siem Reap, a entrada para Angkor Wat

Siem Reap é a porta de entrada para o mundo antigo de Angkor Wat. Na sua grande maioria, os seus visitantes estão ali para ver os templos, é claro. No entanto, a cidade tem procurado fugir desta definição redutora, criando as suas próprias raízes e pontos de interesse. A entrada em Siem Reap foi feitaContinue reading “Siem Reap, a entrada para Angkor Wat”

Angkor Wat: como sobreviver a 400 km² de templos?

Angkor Wat é um grandioso complexo de 400 km² e que reúne cerca de 100 templos, pelo que uma visita ao complexo deve ser previamente planeada, dependendo em grande parte do tempo disponível. Primeiros passos: O primeiro passo é, definitivamente, definir os dias de visita. O ideal são três dias, mas é perfeitamente possível visitar alguns dosContinue reading “Angkor Wat: como sobreviver a 400 km² de templos?”

Angkor Wat, os templos perdidos do Camboja

Durante séculos este grandioso complexo de 400 km² esteve perdido no meio da floresta, engolido por raízes, ramos, árvores e arbustos. Angkor Wat, localizado no Camboja, é um dos mais grandiosos complexos de templos do mundo. Reúne cerca de 100 templos, construídos por orgulhosos reis khmer, que durante séculos se tentaram suplantar em grandiosidade. NaContinue reading “Angkor Wat, os templos perdidos do Camboja”

Histórias de elefantes com um final feliz

Pessoalmente esta é uma das imagens que menos gostei da Tailândia, elefantes a passearem turistas. Sei que é comum por lá e que só há oferta porque, há procura, e quando digo procuro falo, claro de turismo. A história destes animais é, na sua maioria, triste e exploratória. Foram abandonados após a proibição do negócio daContinue reading “Histórias de elefantes com um final feliz”